GIF, Emoji e mais: confira 4 novos teclados personalizados compatíveis com o iOS 8

Aviso ao dar acesso total a um teclado

Não tem muito tempo, nós fizemos uma artigo ensinando como instalar e configurar teclados de terceiros para iGadgets. Além disso, criamos uma lista bem bacana com alguns dos teclados mais interessantes para quem quer testar uma nova forma de escrever em iPads e iPhones/iPods touch.

Publicidade

Trata-se de uma novidade do iOS 8, então, a cada dia surgem mais alguns na App Store. Por isso, resolvemos fazer uma nova leva com dicas para você conhecer e escolher os que mais lhe agradam. 🙂


Desculpe, app não encontrado.

O PopKey é o primeiro teclado GIF animado do mundo. Ele faz o envio de GIFs animados ser fácil como enviar um Emoji. Faça seus amigos e família LOL lhes enviando GIFs animados e engraçados por SMS ou email.


Desculpe, app não encontrado.

Publicidade

O Emoji++ é a maneira mais rápida de digitar Emoji no iOS. Criado utilizando as capacidades avançadas do iOS 8, você agora pode substituir o teclado padrão por personalizados. O Emoji++ é um substituto de teclado desenhado especificamente em torno da ideia de digitar Emoji o mais rápido possível.


Ícone do app Character Keyboard

Character Keyboard

de David Caddy

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.1 (5.8 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

R$ 10,90

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Character KeyboardScreenshot do app Character KeyboardScreenshot do app Character KeyboardScreenshot do app Character Keyboard

O Character Keyboard é um teclado personalizado elegante que lhe dá fácil acesso a mais de 500 caracteres especiais enquanto você digita. Projetado com estilo e função em mente, o Character Keyboard é a ferramenta de produtividade perfeita para quem escreve qualquer coisa em seu iPhone ou iPad.


Desculpe, app não encontrado.

O Adaptxt Keyboard, um teclado intuitivo, premiado e multilingual criado pela KeyPoint Technologies, oferece uma experiência de escrita personalizada para usuários nos aparelhos iPhones, iPods e iPads. O Adaptxt torna a digitação e a comunicação em diferentes idiomas algo fácil, utilizando correções de erros inteligente e recursos de previsão da próxima palavra. O Adaptxt Keyboard oferece uma experiência de digitação personalizada, aprendendo com o seu estilo de escrita, oferecendo sugestões relevantes e permitindo que usuários insiram mais textos digitando o mínimo nas teclas.

·   ·   ·

Se você já instalou um ou mais teclados — até para testar como tudo funciona —, deve ter se deparado com uma mensagem solicitando acesso total/irrestrito. Antes de explicar exatamente o que isso significa, vale entender o porquê de essa mensagem existir.

Publicidade

Todos sabem que o ecossistema da Apple é bem fechado e que a empresa preza pela segurança de seu sistema. Então, quando a Maçã resolveu liberar o uso de teclados de terceiros, ela optou por permitir que esses teclados rodem no iOS apenas dentro de uma “sandbox”.

“Sandbox” (em português, “caixa de areia”) é um mecanismo de segurança que separa os aplicativos que estão sendo executados, restringindo a comunicação e a troca de informações. Ele é frequentemente usado para executar código não testado, programas não-confiáveis ​ou de terceiros (não-verificados).

Por conta disso, normalmente é fornecido apenas um conjunto de recursos rigidamente controlado para que esses aplicativos possam ser executados (como espaço temporário em disco e memória). Acesso à rede, à capacidade de inspecionar o sistema ou ler dados de dispositivos de entrada são geralmente anulados ou fortemente restringidos.

Publicidade

Alguns teclados de terceiros conseguem rodar numa boa dentro dessa “caixa de areia”, enquanto outros precisam de mais recursos para que a experiência seja completa — é o caso, por exemplo, de alguns teclados que precisam se conectar à internet (nuvem) para melhorar a predição, a correção de erros automática, entre outras coisas.

Exatamente por precisar se comunicar fora da “caixa de areia”, esses teclados pedem permissão para ter acesso total. O problema é que, uma vez liberado esse acesso, os desenvolvedores do teclado — se eles forem pessoas mal-intencionadas, é claro — podem, por exemplo, saber exatamente o que você está digitando. Isso quer dizer que logins, senhas, dados de cartões de crédito e muito mais poderiam ser capturados caso esse seja o desejo desses apps.

Não é à toa que a Apple dá o seguinte recado quando o usuário tenta ativar essa opção que dá acesso total a um teclado de terceiro pela primeira vez:

Aviso ao dar acesso total a um teclado

Clique/toque para ampliar.

Desta forma, a Apple se protege (juridicamente falando) e avisa exatamente que tipo de poder o usuário está dando ao desenvolvedor do aplicativo ao optar pela liberação total do acesso.

É claro que isso não significa que seus dados serão roubados. Felizmente ainda existem pessoas sérias por aí, mas é bom que você saiba exatamente o que está fazendo ao optar por isso.

[via TechCrunch: 1, 2, 3; 9to5Mac, TUAW]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…