↪ Gradiente não desiste e quer levar disputa judicial contra a Apple ao STJ e ao STF

Gradiente iphone

Gradiente iphone

Publicidade

Eugenio Staub, dono da Gradiente, contratou o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, para levar ao STJ [Superior Tribunal de Justiça] e ao STF [Supremo Tribunal Federal] sua guerra judicial contra a Apple pelo direito exclusivo no Brasil da marca iPhone, lançado por Steve Jobs em 2007.

Em 2000, a Gradiente entrou com o pedido de registro do nome no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e oito anos depois o direito foi concedido. Em junho, a Apple derrotou a Gradiente e o INPI na segunda instância da Justiça do Rio de Janeiro.

E eu achando que esse assunto já estava pra lá de resolvido — tanto a Gradiente quanto a Apple podem utilizar normalmente a marca iPhone aqui no Brasil (uma usa “Gradiente iphone”, enquanto a outra, “iPhone”). Mas não. Afinal, é muito mais fácil ganhar dinheiro dessa forma do que criando e vendendo produtos que consumidores realmente desejam. [Radar on-line]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…