Apple Pay já funciona no Brasil, mas só se você tiver um cartão americano

Usando o Apple Pay

Conforme já falamos algumas vezes, ao menos neste começo o Apple Pay está disponível apenas nos Estados Unidos. Isso acontece pois a Apple precisa fechar acordos com bancos emissores de cartões de crédito para que a comunicação atrelada a todo esse processo na hora da compra (transmissão de tokens; conforme explicamos bem neste post) seja feita de forma satisfatória. Se isso não fosse necessário, acredito que o sistema de pagamento móvel da Apple já estaria funcionando em diversos outros países.

Usando o Apple Pay

A prova disso é que o Breno Masi conseguiu pagar o almoço dele (pelo visto ele comeu uma folha de alface!) com o Apple Pay — utilizando, é claro, um cartão emitido por um banco americano parceiro da Apple. Ou seja, a coisa já funciona por aqui.

Isso quer dizer que turistas americanos que visitarem o Brasil poderão pagar suas contas utilizando o Apple Pay. Claro que isso não será possível em todo/qualquer estabelecimento, mas com toda certeza será possível em muitos. Sabe por quê? Pois grande parte dessas maquininhas brasileiras nas quais passamos os nossos cartões de crédito suportam transações via NFC (near field communication, ou comunicação por campo de proximidade).

Máquina para pagamento de contas com cartão de crédito

Esse ícone destacado mostra que a máquina aceita pagamentos via NFC.

Isso tudo gerou uma dúvida: se nós conseguimos pagar uma conta num estabelecimento qualquer que suporta pagamentos NFC, por que a Apple “precisa” fechar acordos com diversos varejistas como McDonald’s, Subway, Nike, Walgreens, Macy’s, entre muitas outras? Se essas lojas já possuíam terminais de pagamentos com suporte a NFC anteriormente, por que esse acordo com a Apple se faz necessário? Já sabemos que a Maçã não ganha nenhum percentual do estabelecimento em si — a negociação financeira envolve apenas os bancos.

Fica a dúvida no ar. Mas é bom saber que o cenário para que o Apple Pay seja implementado em outros países (incluindo o Brasil) já está relativamente pronto. Falta agora apenas a Apple testar tudo nos EUA — afinal, o Apple Pay está funcionando pra valer há apenas três dias — e começar as negociações com os bancos emissores de cartões de crédito em nosso país.

Posts relacionados

Comentários