Custo de produção do iPad Air 2 é basicamente igual ao do seu antecessor

iPad Air 2 desmontado

Assim que um novo iGadget é lançado, a empresa IHS desmonta o aparelho para estimar o seu custo de produção. E com o iPad Air 2 não foi diferente.

iPad Air 2 desmontado

De acordo com eles, o iPad Air 2 Wi-Fi de 16GB tem um custo de produção de US$275. Comparativamente, o custo de produção do seu antecessor era de US$274 na época de seu lançamento. No outro extremo, o iPad Air 2 Wi-Fi + Cellular de 128GB custa para a Apple US$358; novamente comparando com o mesmo modelo lançado em 2013, o valor era de US$361. Se no ano passado as margens de lucro da Apple com os iPads Air giravam de 45% a 61%, neste ano elas estão um pouco menores: de 45% a 57%.

Ainda que o display do iPad Air 2 não tenha mudado muito, ele continua sendo a peça mais cara do tablet, saindo por US$77 (US$13 a menos do que no iPad Air; o que representa 28% do custo total dos componentes). Falando de espaço para armazenamento, a Apple paga cerca de US$0,40 por gigabyte, ou seja, US$9,20 para os iPads de 16GB e US$60 para os de 128GB. Já as câmeras iSight e FaceTime custam, juntas, US$11.

Vale sempre lembrar que esse custo de produção não leva em consideração diversos pontos importantes e que também fazem parte da conta, como embalagem, transporte, marketing, pesquisa e desenvolvimento, entre outros muitos que precisam também entrar na conta final na hora que a Apple define o preço dos seus produtos.

[via Re/code]

Posts relacionados

Comentários