Office para iOS agora é compatível com iPhones e não requer assinatura para edição de arquivos

Microsoft Office

Quando lançou o Office para iPads, a Microsoft permitiu — pela primeira vez — que usuários da sua suíte profissional pudessem visualizar e editar documentos do Word, do Excel e do PowerPoint diretamente dos tablets da Apple. A edição, porém, requeria uma assinatura do Office 365. Pois é: requeria.


Ícone do app Microsoft Word

Microsoft Word

de Microsoft Corporation

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 2.32 (274.8 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Microsoft WordScreenshot do app Microsoft WordScreenshot do app Microsoft WordScreenshot do app Microsoft WordScreenshot do app Microsoft Word

Ícone do app Microsoft Excel

Microsoft Excel

de Microsoft Corporation

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 2.32 (280.1 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Microsoft ExcelScreenshot do app Microsoft ExcelScreenshot do app Microsoft ExcelScreenshot do app Microsoft ExcelScreenshot do app Microsoft Excel

Ícone do app Microsoft PowerPoint

Microsoft PowerPoint

de Microsoft Corporation

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple Watches
Versão 2.32.1 (268.4 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Microsoft PowerPointScreenshot do app Microsoft PowerPointScreenshot do app Microsoft PowerPointScreenshot do app Microsoft PowerPointScreenshot do app Microsoft PowerPoint

Nesta semana a empresa atualizou os aplicativos tornando a edição de documentos totalmente gratuita. Mas ela não parou por aí: agora, os apps também são universais (ou seja, compatíveis e otimizados para iPads e iPhones/iPods touch) e totalmente integrados ao Dropbox (usuários do Office para iOS podem editar abrir, editar e salvar documentos armazenados nele).

Se antes — disponível apenas para iPads e exigindo uma assinatura do Office 365 — os apps já faziam sucesso, imagine agora!

[via Techmeme]

Posts relacionados

Comentários