Intel apresenta seus novos processadores e abre caminho para MacBooks Air/Pro renovados

Logo da Intel

Boa notícia para quem está aguardando uma atualização realmente interessante para os MacBooks.

Publicidade

Logo da Intel

Diferentemente dos últimos updates de MacBooks (Air e Pro), que trouxeram apenas um pequeno aumento no clock dos processadores Intel da família “Haswell” (utilizados atualmente pela Apple), a próxima atualização dos Macs deverá trazer chips da nova família, a “Broadwell”. A empresa atrasou bastante para lançar esses chips; eles eram aguardados no fim de 2013, mas agora parece que vai.

Anunciados hoje, os processadores “Broadwell-U” (a linha menos potente da família, ideal para equipar MacBooks Air e o MacBook Pro de 13 polegadas), já está disponível para fabricantes.

Publicidade

Processadores Broadwell-U

São diversos novos chips os quais são fabricados num processo de 14 nanômetros (contra 22 nanômetros dos atuais), contam com dois núcleos, clocks que variam de 1,5GHz a 3,1GHz e trazem gráficos integrados desde os mais básicos (Intel HD Graphics) até os “mais potentes” (Intel Iris Graphics 6100).

Enquanto alguns processadores de 15W se encaixam perfeitamente para um upgrade de MacBooks Air, outros de 28W tem tudo para serem utilizados no MacBook Pro Retina de 13″. Apesar da pouca diferença em poder de processamento (cerca de 10% a mais), a principal novidade desses processadores mesmo é a eficiência energética e os gráficos mais potentes (cerca de 20% melhores).

Publicidade

Vamos agora aguardar o lançamento dos processadores mais potentes (quad-core), os quais deverão ser anunciados no meio do ano e que tem tudo para equipar, por exemplo, o MacBook Pro Retina de 15 polegadas. Contudo, por conta dos problemas no atraso desses chips “Broadwell”, não vai demorar muito para a próxima família (“Skylake”) chegar. E isso tem tudo para encurtar bastante a vida desses novos chips.

Enquanto a família “Broadwell” é basicamente uma miniaturização da atual “Haswell” (com avanços normais), a “Skylake” trará uma nova arquitetura com melhoras significativas em desempenho e eficiência energética — a Intel promete até a possibilidade de fabricar notebooks com recarregamento sem fio.

É esperar para ver.

Publicidade

[via MacRumors, Gizmodo]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…