PonoPlayer (reprodutor musical de alta fidelidade) perde feio para o iPhone em teste cego

PonoPlayers de Neil Young

Lembram do PonoPlayer? Um dos projetos mais bem sucedidos no Kickstarter, trata-se de um reprodutor musical que mantém a alta qualidade/fidelidade das músicas. Criado pelo músico Neil Young, o player utiliza o formato FLAC 16/44.1, bastante adorado pelos audiófilos.

PonoPlayers de Neil Young

David Pogue, do Yahoo Tech, resolveu testar essa suposta alta qualidade do PonoPlayer e da PonoMusic (sim, há uma loja específica para o player e quem resolve adquirir o produto tem que comprar novamente suas músicas para ter acesso ao catálogo de alta qualidade).

O resultado desse teste está no vídeo abaixo:

Você tem que admitir: o argumento do PonoPlayer certamente é atraente — que nós não sabemos o que estamos perdendo na nossa música.

Infelizmente, isso não é verdade.

Eu tenho 51 anos e sou um ex-músico profissional. Eu sei como ouvir. Mas quando eu comprei canções remasterizadas caras do Pono e as comparei com as músicas idênticas no meu telefone, eu não pude ouvir nenhuma diferença.

No vídeo promocional do PonoPlayer, artistas e entusiastas do mercado musical simplesmente idolatram o reprodutor. Norah Jones, por exemplo, chegou a dizer: “Essa música me fez sentir bem. Muito melhor do que eu já senti nesse tempo todo escutando música.” Já no teste que Pogue conduziu (realizado com 15 pessoas que escutaram 3 músicas em 2 diferentes fones, um de alta qualidade e um bem básico — sem saber qual reprodutor estava tocando a música) o que vimos foram pessoas simplesmente não conseguindo dizer se a música em questão foi reproduzida pelo PonoPlayer ou pelo iPhone.

Eis a preferência dos participantes:

Pesquisa - PonoPlayer vs. iPhone

Pogue não entendeu muito bem o motivo de um resultado como esse e entrou em contato com Young, que respondeu:

De aproximadamente 100 artistas tops que compararam o Pono com MP3 de baixa resolução, todos eles escutaram e sentiram a diferença do Pono, recompensando os sentidos humanos, e é isso que o Pono acha que você merece escutar.

Foi aí então que Pogue achou a sua provável resposta. Nos testes realizados com esses artistas, Young utilizou um formato de alta resolução (FLAC) contra um MP3 de baixa resolução; já Pogue utilizou o formato padrão da iTunes Store (AAC de 16 bits/256Kbps), que obviamente é bem superior a um MP3 furreca.

Resumo da ópera: a qualidade atual das músicas adquiriras em boas lojas digitais como a iTunes Store não deixa a desejar — especialmente se você escuta músicas em fones de ouvido “normais”.

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários