Surgem diversos rumores de que a Apple estaria mesmo fabricando um carro elétrico

iCar

Na semana passada nós falamos sobre um carro alugado pela Apple com um grande sistema de câmeras no teto. Com ele, dois rumores surgiram: 1. o carro estaria tirando fotos para um recurso similar ao Google Street View; ou 2. um carro autoguiado.

Analisando os atuais serviços e produtos da Apple, a primeira opção faz muito mais sentido. Todavia, desde que esse carro apareceu, novos indícios de que a Apple estaria mesmo querendo entrar no mercado automotivo surgiram.

iCar

Email de um empregado da Apple

O Business Insider disse que, logo após escrever uma matéria sobre o assunto, recebeu um email de um suposto empregado da Maçã sobre o desenvolvimento de um veículo por parte da empresa. De certa forma contradizendo a informação de que a Apple estaria perdendo diversos empregados para a Tesla, essa pessoa afirmou que na verdade diversos empregados da Tesla estão migrando para a companhia comandada por Tim Cook (ao menos os mais tops).

O último projeto da Apple é muito excitante para alguém deixar passar. Eu acho que isso mudará o cenário [automotivo] e surpreenderá a Tesla.

De acordo com dados do LinkedIn, a Apple tem hoje cerca de 50 empregados que trabalhavam na Tesla — a fabricante de carros elétricos, porém, conta com muito mais ex-Apples.

80% de chances

Bryan Chaffin, do The Mac Observer, ficou intrigado com esse suposto email e foi buscar informações por conta própria — e tudo foi confirmado.

Além de “confirmar” que a Apple está mesmo contratando empregados da Tesla (engenheiros envolvidos na construção de carros, e não contratações “quaisquer” como pessoas de RH, designers ou outra função inerente a qualquer companhia). Por conta dessas “confirmações”, Chaffin (que antes duvidava da ideia de um carro da Apple) passou a acreditar em tudo.

Uma pessoa mais envolvida neste segmento disse para ele que muitos executivos importantes do Vale do Silício também acreditam nisso, e que as chances de esse carro realmente existir — e não de ser apenas algum produto/serviço relacionado a carros — são de 80%. Pessoalmente, a crença de Chaffin chega bem próximo a 100%.

Contratações

O Financial Times informou [matéria fechada para assinantes; via 9to5Mac] que a Apple contratou Johann Jungwirth, ex-presidente e CEO da Mercedes-Benz Research & Development. Seu atual cargo é de diretor de engenharia dos sistemas de Macs, mas o jornal afirma que Jungwirth estaria trabalhando no novo laboratório de pesquisa onde muitas pessoas experientes no projeto do iPhone estão pesquisando sobre produtos automotivos.

Ainda de acordo com o FT, esse laboratório da Apple foi montado no ano passado logo após a apresentação do Apple Watch. Eles deixam claro, porém, que a Apple estuda e investiga uma enorme quantidade de novos produtos em novos segmentos, mas que nem tudo vê a luz do dia.

Jungwirth é mais um numa recente onda de contratações da área automotiva — a equipe liderada por Jony Ive (chefão de design da Apple) tem se reunido periodicamente com executivos e criadores do setor e, em alguns casos, tenta até mesmo contratá-los.

Centenas de empregados trabalhando em um carro elétrico

O Wall Street Journal também deu o seu pitaco [matéria fechada para assinantes; via 9to5Mac] informando que, de acordo com as suas fontes, a Apple tem hoje centenas de empregados trabalhando secretamente em um projeto de carro elétrico.

iCar

De codinome “Titan”, o primeiro design do veículo seria o de uma espécie de minivan, e que Tim Cook teria aprovado o projeto há cerca de um ano — com Steve Zadesky (ex-executivo da Ford e atual vice-presidente de design da Apple) liderando o grupo. Zadesky — que já trabalha na Apple há 16 anos e não faz parte desse grupo de novas contratações, é bom ressaltar — teria recebido o “Ok” para criar uma equipe de até 1.000 pessoas, pinçando empregados de diversos setores da Apple, além, é claro, de fazer contratações externas.

Esse tal novo laboratório da Apple ficaria a alguns quilômetros da sede da empresa (em 1 Infinite Loop, Cupertino) e conta com empregados os quais trabalham com robótica, metais e materiais consistentes com a fabricação de automóveis. Além disso, o WSJ afirma que a Apple tem se reunido com fabricantes que produzem carros topo-de-linha.

Carro autoguiado

Para completar os rumores, a Reuters embarcou na onda [via MacRumors] e, com base em uma fonte, afirmou que a Apple está desenvolvendo um carro autoguiado. A empresa estaria conversando com especialistas do mercado automotivo e de suprimentos. A ideia seria não apenas desenvolver o software, mas todo o carro em si.

O veículo afirma que, apesar de estar conversando com fabricantes, a Maçã não está muito interessada em ajudas externas e muito menos em motor a combustão — indicando que o caminho é elétrico mesmo. Além disso, a Apple teria as peças necessárias para que esse carro autoguiado saia do papel (experiência em software, mapeamento em alta definição, experiência em produtos recarregáveis, etc.).

·   ·   ·

Pelo visto tudo esquentou de vez, mesmo! Apesar de estar um pouco cético, não tenho motivos para duvidar de uma possível nova empreitada da Apple no setor automotivo. Temos que lembrar que há poucos anos a Apple era uma empresa 100% focada em computadores e MP3 players. Certo dia ela resolveu entrar no mercado de telefonia e tudo mudou; hoje, além dele, a empresa já está presente também no mercado de tablets e entrará em breve no de wearables — sem contar a tão rumorada investida no mercado de TVs. Não foi à toa que o nome da companhia mudou de “Apple Computer Inc.” para “Apple Inc.”, há poucos anos.

Carros são hoje uma indústria enorme e que pode gerar lucros absurdos — especialmente no mercado topo-de-linha, em que a Apple costuma trabalhar.

Posts relacionados

Comentários