Seja os olhos de uma pessoa cega no momento em que ela precisa com o app Be My Eyes

App Be My Eyes para iPhones/iPods touch

Assim como existem projetos de gosto duvidoso na App Store (aplicativos completamente inúteis mas que, por alguma razão desconhecida e questionável, fazem bastante sucesso), há outros que merecem todo o destaque possível. Um deles é o Be My Eyes.


Ícone do app Be My Eyes – Helping blind see

Be My Eyes – Helping blind see

de Be My Eyes

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 3.1.19 (163.5 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Be My Eyes – Helping blind seeScreenshot do app Be My Eyes – Helping blind seeScreenshot do app Be My Eyes – Helping blind seeScreenshot do app Be My Eyes – Helping blind seeScreenshot do app Be My Eyes – Helping blind seeScreenshot do app Be My Eyes – Helping blind see

O serviço gira em torno de pessoas comuns ajudando deficientes visuais em momentos que enxergar é imprescindível. Exemplo: como é que um cego que está sozinho em casa saberá se o leite que está na geladeira passou da validade? É aí que entra o Be My Eyes (“Seja Meus Olhos”, em tradução literal).

Nele, a pessoa se identifica como deficiente visual ou não. Quando uma pessoa que não enxerga precisa de ajuda, ela entra no app e é automaticamente conectada a um voluntário através de um videochat. A partir daí, o voluntário passa a ser os olhos do cego, ajudando no que puder. No caso do exemplo acima, o cego mostra a caixa de leite e o voluntário passa a informação.

O projeto não tem fins lucrativos e é open source (ou seja, qualquer um pode contribuir para que ele melhore cada vez mais). De acordo com o site oficial, o app conta com mais de 158 mil voluntários os quais já ajudaram 15 mil deficientes visuais mais de 53 mil vezes.

Coisa linda, não é mesmo?

[dica do Danilo Sanches Ferrari]

Posts relacionados

Comentários