Rumores: nada de novo serviço de streaming de músicas ou nova Apple TV, ao menos por agora

Beats Music

Já falamos algumas vezes aqui do suposto novo serviço de streaming de músicas da Apple que chegaria para substituir o Beats Music. Esse tal serviço poderia vir até mesmo já instalado no iOS 8.4, que seria liberado para desenvolvedores logo após o evento da semana que vem.

Beats Music

Com base nessas informações, seria bem plausível vermos a Apple falando sobre o novo serviço no evento do dia 9 de março. Mas o 9to5Mac agora afirma que os planos para o serviço de streaming foram postergados para o meio do ano por conta de problemas relacionados à dificuldade em integrar as tecnologias da Beats, perda de pessoas-chave (como Bobby Gaza, vice-presidente sênior da Beats que deixou a Apple há algumas semanas), entre outras coisas. Por conta disso, muito provavelmente o novo serviço ficou para a WWDC 2015 — ainda que em fase beta.

Mudando um pouco de assunto, um produto da Apple que merece atenção mas que anda esquecido é a Apple TV. A ideia da empresa era lançar uma nova versão do set-top box (mais fina, com um controle remoto melhorado e um sistema operacional refeito — com direito a uma loja de aplicativos) por agora, mas é possível que as tratativas com detentoras de conteúdo tenham, mais uma vez, adiado os planos da Maçã.

Apple TV

Por sinal, pintou um rumor nesta semana de que a HBO estaria conversando com a Apple para lançar um serviço de assinatura mensal de US$15 chamado “HBO Now”. Nele, mesmo sem ser um assinante de uma operadora a cabo, usuários poderiam ter acesso a todo o conteúdo da HBO de forma simples e fácil na Apple TV — bastante similar ao Netflix, porém com conteúdo produzido e veiculado pela Home Box Office, é claro.

Eu torço muito para que esse tipo de serviço engrene de uma vez por todas. Em vez de ter que assinar uma TV a cabo da vida, eu simplesmente pagaria por um Netflix, um HBO Now, um Premiere Futebol Clube e algum canal de notícias 24 horas. Pronto, minha grade de TV estaria montada — muito provavelmente por um preço bem inferior ao que eu pago hoje na minha TV por assinatura. 🙂

Posts relacionados

Comentários