Qual o limite da propaganda? A LeTV mostra que não há [atualizado]

Você conhece a Leshi TV? Não? Nem eu, pelo menos até agora. Ela é uma plataforma chinesa de vídeos, também conhecida como LeTV, que irá lançar o seu próprio smartphone em 2 de abril.

O mercado de smartphones está ficando saturado, por isso a cada dia fica mais difícil entrar nele. O grande desafio para quem resolve se aventurar no setor é desenvolver uma boa estratégia de marketing para — no mínimo — chamar a atenção da mídia de tecnologia mundial.

Pois bem, nesse quesito podemos dizer que a LeTV foi além de todos os limites imaginados. Ela simplesmente comparou a Apple com os nazistas. Na foto, “Hitler” aparece à direta, saudando com o braço em riste e, em vez do símbolo nazista, há o logo da Apple no braço esquerdo. Ao fundo, uma porta em formato de smartphone e algumas crianças à esquerda.

A figura propõe a comparação da liberdade da plataforma Android com o iOS. O anúncio diz: “Colaborativo, livre vs. Arrogância, tirania”. Aí, faço das palavras do 9to5Mac as minhas: “É difícil imaginar um jeito mais ofensivo em tentar comunicar a diferença entre elas.”

A imagem foi postada pelo CEO da LeTV, Jia Yueting, em sua página do Weibo que conta com mais de 5 milhões de seguidores. Não contente, Yueting ainda argumenta que a Apple está sufocando o mercado de inovação e acrescenta: “Sob o arrogante regime de dominação do iOS, que os desenvolvedores ao redor do mundo amam porém odeiam, nós sempre nos perguntamos se esse tipo de inovação era correta.” Ele ainda diz que a Apple é um “império do crepúsculo”, insinuando que a empresa está decadente e em breve acabará.

Não é de hoje que companhias concorrentes atacam a filosofia da Apple ou seus produtos diretamente — isso é normal e faz parte do jogo —, mas temos que concordar que desta vez foi além da conta, né?

De qualquer modo, se a intenção era chamar a atenção da mídia, conseguiu. A grande pergunta que fica é: foi da maneira correta?

Penso que a melhor forma de provar que a Apple está sufocando a inovação é fazendo melhor e vendendo mais que ela. Então, boa sorte, Sr. Jia Yueting.

[via The Verge]

Atualização · 31/03/2015 às 16:58

Hoje o CEO da LeTV, Jia Yueting, veio publicamente se desculpar e declarou para o Cult of Mac:

Lamento profundamente a propaganda animada lançada no Weibo, na sexta-feira. Basicamente foi um equívoco e já a removi. Foi insensível e errado tentar usar tal imagem de maneira jocosa… Minha intenção era expressar nossa visão que a tecnologia dos ecossistemas abertos é mais benéfica para os clientes e incentiva a verdadeira inovação. Por favor, aceitem as minhas sinceras desculpas, e obrigado por sua atenção e compreensão.

Convenhamos, Sr. Yueting, que você começou com o pé esquerdo, mas um pedido de desculpas é sempre nobre. Que fique de lição aprendida.

Posts relacionados

Comentários