Tecnologia Force Touch deverá ser mesmo a grande novidade do próximo iPhone

O analista Ming-Chi Kuo, da KGI Securities, voltou hoje a fazer suas previsões relacionadas a futuros lançamentos da Apple. Como ele é um dos poucos que ainda se mostra confiável, vale a pena ficar atento ao que fala.

Pois bem, ele afirmou com todas as letras que a próxima geração do iPhone contará com a tecnologia Force Touch — algo que o Wall Street Journal também já disse. Apesar de estarmos falando da mesma tecnologia presente no Apple Watch e no trackpad do novo MacBook e do MacBook Pro com tela Retina (de 13 polegadas), a implementação no iPhone seria um pouco diferente.

Force Touch no Apple Watch

Em vez de detectar diretamente a pressão aplicada pelo dedo, o Force Touch do iPhone — de acordo com Kuo — irá monitorar a área de contato do dedo com a tela para determinar a quantidade de pressão aplicada. Ele acredita que a Apple implementará o Force Touch utilizando tecnologias capacitivas, colocando o sensor logo abaixo do painel sensível ao toque. Com isso, a Apple consegue economizar espaço dentro do dispositivo e torna tudo mais transparente para ser usado com displays LCD.

Force Touch de iPhones

O uso da tecnologia em iPhones será tão significante que, segundo Kuo, trará muitas mudanças à interface do usuário no iOS. Por conta disso, a sequência de nomeação dos iPhones poderia ser até quebrada (em vez de termos o “iPhone 6s”, já teríamos o “iPhone 7”).

Recentemente andou circulando por aí um rumor de que a Apple voltaria a lançar um iPhone de 4 polegadas — além dos atuais tamanhos (4,7″ e 5,5″). Kuo, porém, acredita que a volta desse modelo não faz parte dos planos da Maçã.

Apesar de não comentar nada sobre a possibilidade de apenas um dos novos modelos (no caso, o “iPhone 7 Plus”) receber a tecnologia Force Touch, foi exatamente isso que o Economic Daily News levantou [Google Tradutor].

Eu sinceramente não acredito muito nessa hipótese. Se olharmos hoje para os diferenciais do 6 Plus para o 6 (bateria maior, possibilidade de utilizar o iOS em modo paisagem, fotos no app Mensagens, teclado em modo paisagem com mais opções e estabilização óptica de imagem), tudo é “justificável” por conta do tamanho maior da tela/aparelho.

Agora, qual seria a explicação, a justificativa para não colocar a tecnologia Force Touch (que está rapidamente se espalhando para todas as telas sensíveis ao toque da Apple) no produto comercialmente mais importante da empresa? Eu concordo que o iPhone de 5,5″ não deve ser exatamente igual ao de 4,7″ — o próprio tamanho da tela do aparelho já contribui para essa diferenciação, sem contar na bateria maior. Mas para colocar algum recurso novo apenas nele, tudo tem que ser muito bem explicado/justificável.

Forçar uma pessoa a comprar o modelo de 5,5″ por conta de uma tecnologia que poderia facilmente ser implementada também no de 4,7″ eu acho bem complicado… mas como apenas o Economic Daily News levantou essa hipótese (WSJ e Kuo, por exemplo, não mencionaram nada), vamos torcer para que isso não se torne realidade.

[via MacRumors: 1, 2]

Posts relacionados

Comentários