Apple fecha parceria e compra mais de 36.000 hectares de terra para reflorestamento

A cada ano, a Apple tem se envolvido cada vez mais em iniciativas socioambientais.

Pois bem, hoje a instituição americana The Conservation Fund anunciou uma parceria com a Apple para a compra de mais de 36.000 hectares de terra para reflorestamento. Localizada nos Estados de Maine e da Carolina do Norte, essas terras permitirão a preservação contínua de florestas e o suprimento de papel da Apple.

A Apple está claramente dando o exemplo e esperamos que outros façam o mesmo. Em todos os aspectos, a perda dessas florestas nos EUA é um do maiores desafios ambientais do nosso país. A iniciativa anunciada hoje abriu um precedente.

Larry Selzer, presidente e CEO do The Conservation Fund.

As florestas que a Apple e o The Conservation Fund irão preservar são maiores que a área de San Francisco. Com este compromisso, a Apple pode garantir um fornecimento sustentável de papel e celulose.

A vice-presidente de iniciativas ambientais da Apple, Lisa Jackson, disse ao BuzzFeed que a parceria é o mais recente acordo para garantir a sustentabilidade da sua cadeia de suprimentos.

É notável que, depois que Tim Cook assumiu o comando em definitivo, a Apple tem trabalhado duro para exercer o máximo de controle sobre sua cadeia de suprimentos a fim de criar uma vantagem competitiva no mercado — além de estar contribuindo para o meio ambiente. Para se ter uma ideia de como a empresa está levando isso a sério, em fevereiro a Apple anunciou um acordo de US$850 milhões para construir uma fazenda solar que abastecerá toda a sua operação na Califórnia.

Para saber mais detalhes deste acordo e da instituição, vale a pena conferir esta página no site do The Conservation Fund.

[via MacRumors]

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários