A partir de julho, usuários do Chrome só poderão instalar extensões pela Chrome Web Store

Ícone - Google Chrome

Citando preocupações com segurança, há um ano o Google anunciou uma mudança importante no Chrome que iniciou-se apenas nos canais estável e beta do browser no Windows: a impossibilidade de usuários instalarem extensões baixadas fora da Chrome Web Store.

De acordo com o Google, a mudança acarretou uma queda de 75% nas chamadas de suporte relacionadas à desinstalação de extensões indesejadas. Por isso, a empresa anunciou hoje que expandirá a restrição não só para o mundo Mac, mas até mesmo para o canal de desenvolvedores do Chrome.

A partir de julho, portanto, usuários do Chrome só poderão instalar extensões a partir da Chrome Web Store. Isso de fato ajuda bastante na segurança do navegador, especialmente considerando usuários inexperientes, mas acredito que grande parte do interesse do Google seja impedir que extensões violem seus termos de uso — como aquelas que fazem download de vídeos do YouTube.

É, não é à toa que estou escrevendo este post do Firefox…

Posts relacionados

Comentários