★ 7 motivos para trocar Objective-C por Swift

INFORME PUBLICITÁRIO

por Leandro Cissoto

Em meados de 2014 a Apple surpreendeu a todos anunciando sua nova linguagem de programação. Chamada Swift, ela chegou com a proposta de substituir a Objective-C no desenvolvimento para iOS e OS X.

Pelas redes sociais era possível acompanhar as mais variadas reações por parte dos desenvolvedores — alguns extremamente animados com a novidade; outros mais receosos. A verdade é que a Swift vem ganhando mais e mais adeptos e em quase um ano de existência já está sendo utilizada por muitas aplicações.

Vamos listar aqui sete ótimas razões para utilizarmos a Swift no desenvolvimento para iOS e OS X.

1. Playground

Swift

O playground foi anunciado junto à linguagem Swift e permite escrevermos códigos com os resultados sendo exibidos instantaneamente. É uma ótima forma de testarmos blocos de código, funções, classes e muitas outras coisas sem o peso de um projeto completo, permitindo desde lógicas simples até blocos mais robustos e complexos.

2. Ela é moderna e flexível

A Swift possui conceitos que as linguagens de programação modernas podem oferecer: é type safe, usa o conceito de Optionals para tratar valores nulos, não exige ponto-e-vírgula ao final de cada linha, possui um melhor gerenciamento de memória, trabalha com closures, generics, tuplas, subscripts, entre outros.

3. Velocidade

Velocidade da Swift

Basta algumas pesquisas na internet para encontrarmos diversos benchmarks de comparação entre Swift e Objective-C. Na grande maioria deles, a Swift leva boa vantagem em termos de performance. A própria Apple, ao anunciar a linguagem, destacou isso.

4. Ótima para programação funcional

A programação funcional não é uma novidade, mas tem estado entre os tópicos mais comentados no mundo do desenvolvimento. Trata-se de um paradigma de programação que trata a computação como um conjunto de funções matemáticas evitando estados e dados mutáveis, combinando flexibilidade, poder e a clareza da abstração.

Programação funcional da Swift

Com a Swift, é possível mesclar orientação a objeto com programação funcional. Apesar de não ser uma linguagem totalmente funcional (pois permite desenvolvermos de forma imperativa), a linguagem possui funções especiais para facilitar a utilização da programação funcional, como as funções map e filter.

5. Menos arquivos no projeto

A Swift utiliza apenas arquivos .swift — diferente da Objective-C, que cria um arquivo de header .h, normalmente utilizado para declaração das propriedades e métodos; e um arquivo .m, onde estas propriedades e métodos são implementados. Isso reduz pela metade a quantidade de arquivos de código gerados no projeto, assim como melhora o desempenho, pois o compilador não precisa fazer a leitura do header.

6. Facilidade de aprendizado

A sintaxe da Swift é simples e eficiente, além de sua escrita ser limpa, permitindo que possamos produzir mais em menos linhas de código. Além disso, possui muitas semelhanças com outras linguagens de programação fazendo com que desenvolvedores se sintam a vontade com sua sintaxe. A Apple ainda tomou o cuidado de facilitar a integração com o Objective-C, para não prejudicar os desenvolvedores que migraram dele.

7. É um caminho sem volta

A Swift veio para ficar. Muitas aplicações que foram feitas em Objective-C estão sendo portadas para Swift pela maior facilidade e dinamismo que o desenvolvimento nela traz. Embora a grande maioria das aplicações da App Store esteja em Objective-C, é crescente o interesse e o entusiasmo da comunidade em torno das possibilidades com a Swift e certamente o futuro da linguagem é bastante promissor, por se tratar do futuro do desenvolvimento iOS, OS X e Apple Watch.

·   ·   ·

Gostou? Venha aprender a programar em Swift na Quaddro. A escola oferece a maior formação do Brasil — são 280 horas de curso e mais de 150 aplicativos desenvolvidos durante as aulas, com turmas presenciais e online!

Posts relacionados

Comentários