WWDC 2015: Apple Music é o novo serviço de músicas pela internet da Maçã

A Apple trouxe Jimmy Iovine (executivo internalizado com a compra da Beats, no ano passado) para falar do seu novo serviço de músicas pela internet na WWDC 2015.

Apple Music

O Apple Music vai além das capacidades em teste pela empresa no aplicativo para o iOS 8.4, em fase beta, para fornecer streaming ilimitado, rádio, descoberta de músicas e conexão com artistas, tudo em um único lugar.

Além de engenharia automatizada, a Apple está trabalhando com especialistas em música para fazer curadoria do conteúdo sugerido para usuários. São milhões de músicas disponíveis para serem ouvidas livremente, via streaming ou offline, e combinadas em listas, ou sugeridas automaticamente de acordo com o histórico de consumo dos usuários.

Apple Music

A Beats fará parte do serviço fazendo uma ponte entre a Apple e artistas para uma seção chamada Connect, dedicada a reunir conteúdo interativo sobre bandas e compositores. O interessante deste projeto é que ele atende não apenas a artistas assinados pelas grandes gravadoras, mas também a músicos independentes, que podem se conectar rapidamente com ouvintes ao redor do mundo.

Na demonstração, a Apple exibiu detalhes de como o serviço permite personalização de acordo com o gosto musical do usuário. A seção “Para Você” (For You) será dedicada exclusivamente para isso.

Apple Music

Através do rádio 24/7, a Apple oferecerá espaço para músicos trabalharem em uma transmissão ininterrupta através da internet — entre os músicos que participarão da novidade está o DJ Zane Lowe. O serviço também suportará a exibição de videoclipes, sem anúncios.

O Apple Music também tira proveito dos recursos de inteligência do iOS 9. Via Siri, usuários podem pedir para que o serviço reproduza qualquer música no catálogo, com base em estilo, ano de publicação, artistas e muito mais.

Apple Music

O novo ecossistema musical da Apple chegará ao mercado no dia 30 de junho, em mais de 100 países, inicialmente via iTunes para Macs e PCs e através do iOS 8.4, para iPads e iPhones/iPods touch. A Apple também dará em breve suporte à Apple TV e ao Android com um aplicativo exclusivo na Google Play Store, a ser lançado até o final de 2015.

Posts relacionados

Comentários