Aparentemente a Apple não pagará 100% dos royalties durante o período de testes do Apple Music

Após todos descobrirem que a Apple não pagaria royalties para gravadoras, artistas, escritores e produtores durante o período de testes do Apple Music (três meses), diversos artistas independentes reclamaram bastante. Além deles, Taylor Swift (apesar de ser um nome controverso, inegavelmente uma das cantoras mais reconhecidas e famosas da atualidade) também resolveu confrontar a Maçã.

Publicidade

Pouco tempo depois, Eddy Cue (vice-presidente sênior da Apple) revelou que a empresa decidiu mudar de opinião e que pagaria, sim, pelos diretos das músicas durante o trial. Pois se engana quem acha que essa novela terminou.

De acordo com o Wall Street Journal1, a Apple não revelou quanto pagará de royalties durante esse período, mas informou que os valores aumentarão uma vez que clientes começarem a pagar pelas assinaturas.

O repasse de royalties do serviço de streaming como um todo já está definido (71,5% do valor da assinatura nos EUA e um pouco maior no resto do mundo), então podemos concluir que os valores que serão pagos durante a fase de testes serão menores do que esse.

Publicidade

O grande problema, como podemos ver, é que todo o repasse é calculado em cima do valor angariado com as assinaturas. Se ninguém está pagando (nos três primeiros meses do serviço, por exemplo), como é que essa conta será feita? Por essas e outras a Apple decidiu repassar 1,5% a mais do que os serviços de streaming concorrentes, justamente para cobrir esse período de testes. A estratégia, porém, não deu certo.

Michael DeGusta fez alguns cálculos e constatou que de fato artistas ganharão mais com o Apple Music, mas que essa diferença só acontecerá depois de 8 anos e 4 meses.

Publicidade

Vale notar que nem todos estavam insatisfeitos com o modelo de negócios sugerido anteriormente pela Apple. A banda Metallica — que já teve atrito com a Apple no passado e só disponibilizou suas músicas na iTunes Store em 20062, três anos depois do lançamento da loja de músicas digital — se mostrou bastante confortável, dizendo ainda que estão bem confiantes com o futuro do Apple Music.

Essa história está longe de terminar…

[via 9to5Mac: 1, 2]

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…