Testes comprovam: há perda de performance quando o Modo de Pouca Energia do iOS 9 está ativado

Já explicamos como funciona o Modo de Pouca Energia, uma das boas novidades do iOS 9. Como o próprio nome indica, ele é ideal para quando você está com 20% ou menos de bateria — você pode ganhar até 3 horas a mais de uso ativando o recurso.

"Modo Pouca Energia" do iOS 9

Eis o que a Apple fala dele:

O Modo de Pouca Energia reduz temporariamente o consumo de energia até que o iPhone possa ser completamente recarregado. Quanto ativado, este recurso desativa ou reduz a verificação de emails, atualizações em segundo plano, transferências automáticas e alguns efeitos visuais.

Pois parece que a empresa não está falando tudo que o recurso faz para economizar energia.


Desculpe, app não encontrado.

Utilizando o app Geekbench 3 — que recentemente foi atualizado e passou a suportar o iOS 9 (ainda que ele esteja em versão beta) —, o MacRumors fez dois testes de performance com um iPhone 6 Plus (que conta com um processador A8), sendo um deles com o recurso desativado e outro com ele ativado.

Benchmark - Modo de Pouca Energia do iOS 9

Com o Modo de Pouca Energia desativado, as pontuações dos testes single-core e multi-core foram respectivamente 1606 e 2891; já com ele ativado, as pontuações foram respectivamente 1019 e 1751, mostrando que houve perda de processamento. Os mesmos testes foram realizados em um iPhone 5s e a perda de performance ficou mais ou menos em 40%.

Tudo faz bastante sentido, afinal se você diminui o poder de processamento de um aparelho, ele consome menos energia e, consequentemente, economiza bateria. Só resta saber por que a Apple não informa isso na descrição do recurso.

Ainda assim, é muito bom ter esse modo disponível no iOS — algo que a concorrência já implementou faz tempo, por sinal.

Posts relacionados

Comentários