Horas depois da liberação do iOS 8.4, um jailbreak para a nova versão já está disponível!

Jailbreak para o iOS 8.4 do TaiG

Aos que, assim como eu, estavam em dúvida se escolheriam entre o novo serviço de streaming de músicas (Apple Music) do iOS 8.4 ou continuar com o jailbreak no 8.3, temos uma ótima notícia: você pode ter os dois! A equipe TaiG acaba de atualizar sua ferramenta e você já pode realizar o jailbreak baixando a nova versão dela. Pois é, a Apple “felizmente” não fechou as brechas exploradas pelos hackers.

Se você não fez jailbreak ainda, o processo é bem simples. Depois de ter atualizado pro iOS 8.4:

  1. Faça um backup. Eu diria, por sinal, que este é o passo mais importante.
  2. Remova o código de desbloqueio e desative o Buscar Meu iPhone — temporariamente, é claro.
  3. Baixe a última versão da ferramenta (2.2.0), que pesa aproximadamente 80MB e, por enquanto, roda apenas no Windows.
  4. Execute a ferramenta, clique em Start e aguarde a conclusão.
  5. Abra o app Cydia, que deve aparecer na sua tela se tudo correr bem, uma única vez.
  6. Voilà!

Por aqui tudo ocorreu bem, atualizando um iPhone 6 pelo iTunes e fazendo jailbreak com a nova ferramenta. Mas seguem algumas informações relevantes que você pode querer saber:

  • Se você tem jailbreak no iOS 8.3, já deve ter percebido que não é possível atualizar o iOS over-the-air (OTA, pelo menu Ajustes). Neste caso, você precisará atualizar para o 8.4 pelo iTunes, para só então tentar o jailbreak.
  • Aos que sempre me perguntam: este processo viola, sim, a garantia do seu iDevice enquanto ele estiver com jailbreak. Mas o processo é totalmente reversível, restaurando o iOS do seu dispositivo pelo iTunes. Portanto, caso precise levar o seu iGadget a uma assistência, faça uma restauração limpa. 🙂

Em uma nota relacionada, conforme informado pelo iClarified, a equipe de hackers “PP” também liberou uma versão de jailbreak, mas utilizando a maior parte do código da TaiG. Nós não concordamos com este tipo de ação, por este motivo não podemos nem recomendar essa solução paralela.

Posts relacionados

Comentários