Apple indiretamente ajudou a levar visitantes para o Parque Nacional de Yosemite

Até o OS X 10.8, a Apple nomeava as grandes atualizações do seu sistema operacional de Macs com felinos (indo de Cheetah a Mountain Lion). A partir do OS X 10.9 ela passou a homenagear locais importantes da Califórnia, começando pela praia de Mavericks.

A versão atual do OS X, a 10.10, foi nomeada Yosemite. É claro que isso por si só já seria suficiente para aumentar consideravelmente o número de buscas no Google pelo termo, mas parece que a Apple de fato ajudou a aumentar o número de visitantes indo ao Parque Nacional de Yosemite.

Dados do The Ferenstein Wire compilados no gráfico a seguir — divulgado pelo The Washington Post — mostram que, após dois anos consecutivas de queda no número de visitantes, em 2014 o turismo no Parque Nacional de Yosemite voltou a crescer:

Visitas ao Parque Nacional de Yosemite

Para a felicidade dos que trabalham no parque, o OS X 10.11 mais uma vez utiliza um nome relacionado a ele: El Capitan é uma das várias formações rochosas encontradas em Yosemite.

Outro dado relacionado vem do site Hotels.com. Embora ele não tenha revelado números exatos de reservas efetuadas, o site afirmou que as pesquisas de hotéis na região subiram 21% apenas uma semana após o anúncio do OS X Yosemite. De agosto de 2013 a agosto de 2014, a disparada foi de 54%.

[via Cult of Mac]

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários