Apple gasta cerca de US$700 mil por ano com a segurança de Tim Cook

Pense rápido: quando você vê fotos ou vídeos de Tim Cook em alguma inauguração de loja, dando um passeio pela China (algo que ele tem feito com uma certa frequência) ou algo parecido, consegue avistar algum segurança? Dificilmente, mas isso não quer dizer que o CEO da empresa mais valiosa do mundo anda por aí sem proteção.

Claro, ele não é o presidente dos Estados Unidos para precisar de um serviço secreto acompanhando todos os seus passos, mas não é prudente, também, sair por aí sem proteção quando você comanda uma empresa do tamanho e da importância da Apple.

Pois analisando um relatório 14A que a Apple enviou à SEC (U.S. Securities and Exchange Commission), o site Patently Apple encontrou a informação de que a Apple gasta quase US$700 mil por ano na segurança do seu chefão.

Parece muito, né? E não deixa de ser, mas a Fortune disse que a Amazon e a Oracle, por exemplo, gastaram respectivamente US$1,6 milhão e US$1,5 milhão em 2014 para proteger os seus CEOs (Jeff Bezos e Larry Ellison).

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários