Novas falhas no OS X Yosemite permitem escalação de privilégios em atualização recente

OS X Yosemite

A Apple aproveitou o lançamento recente do OS X 10.10.5 para corrigir vulnerabilidades críticas de segurança encontradas anteriormente, além de oferecer outras melhorias pendentes aos usuários do Yosemite. Mas foram necessários apenas alguns dias para uma nova falha ser descoberta, capaz de comprometer severamente qualquer Mac com as últimas atualizações instaladas.

Publicidade

Desta vez, dois bugs de corrupção de memória podem ser usados para comprometer o kernel do sistema operacional através de instalação de software malicioso. A descoberta foi publicada no GitHub pelo jovem Luca Todesco, um italiano de apenas 18 anos.

A iniciativa, no entanto, antecedeu à oportunidade de comunicar a Apple sobre a existência das falhas, o que segundo a PCWorld gerou certa polêmica. Embora a empresa tenha um histórico de não reagir rapidamente na correção e na entrega de atualizações de segurança, as respostas aos últimos bugs encontrados aconteceram em melhor ritmo.

Para os usuários de testes do OS X El Capitan, as vulnerabilidades encontradas por Todesco não foram detectadas na última versão liberada pela Apple. Estima-se, portanto, que o esforço necessário para atualizar o Yosemite e versões anteriores seja mínimo.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…