Empresa trabalha em bateria de hidrogênio que poderá fazer iPhones durarem uma semana inteira por recarga

iFixit desmonta iPhone 6 Plus

De tempos em tempos, surgem notícias sobre um tipo XYZ de bateria que promete revolucionar a nossa experiência com eletrônicos. Desta vez, eu curti porque não foi nenhuma promessa absurda tipo um iPhone durar dois meses por recarga. Mas ainda seria um avanço e tanto: uma semana! 😀

A aposta, conta o Telegraph, é de uma empresa britânica chamada Intelligent Energy. Ela está trabalhando num tipo de bateria a base de hidrogênio (células de combustível), que gera eletricidade por meio de uma reação química com o oxigênio.

O legal é que ela já conseguiu incorporar um protótipo dentro de um iPhone 6 e, para recarregá-lo, ela usa — veja só — a porta de fones de ouvido. Além disso, a carcaça teve que ser levemente modificada para permitir o escape de uma quantidade mínima (imperceptível) de água e vapor, frutos da reação química. Os “cartuchos” de recarga custariam algo em torno do preço de um espresso.

Mark Lawson-Statham, CEO da companhia, acredita que isso é algo que poderemos ver se tornando realidade em apenas dois anos. Antes disso, é preciso que se prove a resistência/durabilidade da solução e que alguma gigante como a Apple de fato abrace a tecnologia.

Para mim pouco importa se o que irá vingar é essa ou alguma das outras inúmeras apostas que surgem todos os anos. O que eu mais quero é poder olhar para trás e dar (muita!) risada do que ainda sofríamos, em 2015, com baterias de eletrônicos.

[dica do Maurício Magalhães, via iPhone Hacks]

Posts relacionados

Comentários