Evento especial: Apple lança iPad Pro, com tela de 12,9 polegadas

Complementando as recentes parcerias com a IBM e a Cisco para oferecer soluções móveis para empresas, a Apple lançou hoje no seu evento especial um modelo específico do seu tablet destinado a usuários profissionais. Conforme esperado, o iPad Pro traz uma tela maior, de 12,9 polegadas (na diagonal).

Cores do iPad Pro - cinza espacial, dourado e prateado

O novo modelo oferece maior espaço para uso em aplicativos, que a Apple está aproveitando para oferecer melhorias no iOS (incluindo um teclado full-size) e nos seus próprios produtos de software. A empresa afirma que a tela usada no dispositivo é a mais avançada que já criou, com resolução de 2732×2048 pixels (são 5,6 milhões de pixels, no total). Além disso, o iPad Pro também é bem fino: 6,9mm, contra 6,1mm do iPad Air 2.

Usuário editando vídeo no iMovie com um iPad Pro

Um novo processador, o A9X, foi criado para o novo iPad Pro, acompanhado de um sistema de som com quatro alto-falantes distribuídos em todos os lados. Segundo a Apple, ele possui desempenho gráfico superior a 90% dos PCs lançados no último ano, sendo uma referência para edição de vídeo e uso de aplicativos avançados para gráficos.

Usuário jogando num iPad Pro

Além de oferecer um teclado virtual com o maior espaço útil da tela, a Apple criou um teclado externo novo (o Smart Keyboard), com uma capa integrada, acabamento em tecido e uma nova tecnologia magnética para transmissão de dados e energia para o acessório — ele será conectado em modo paisagem usando uma faixa de três círculos magnéticos, chamada de Smart Connector. Para desenho e escrita a mão, a empresa também oferecerá uma stylus, chamada de Apple Pencil.

iPad Pro deitado e de lado com mão segurando o Apple Pencil

A Apple Pencil usa sensores específicos para desenho em tela reconhecendo diversos atributos como pressão e ângulo, integrados à tela do iPad Pro. Ela também vem com um bateria integrada e um conector Lightning para recarga.

Close-up no Apple Pencil desenhando num iPad Pro

Os aplicativos nativos do iOS foram adaptados para utilizar a nova Apple Pencil — a exemplo do Mail, que oferecerá suporte a ela para markup de imagens e documentos. No evento de hoje, a empresa também mostrou resultados de um trabalho conjunto à Microsoft e à Adobe, para os aplicativos da suíte Office e Creative Cloud, que também oferecerão suporte a multitarefa lado a lado e outras novidades do iOS 9.

Usuário usando dois apps lado a lado num iPad Pro

O iPad Pro também traz autonomia de 10 horas de bateria, câmera iSight de 8 megapixels, Touch ID no botão de início e Wi-Fi 802.11ac com MIMO e Bluetooth. Ele estará à venda a partir de novembro em três cores — cinza espacial, prateado e dourado — e três configurações: 32GB (US$800), 128GB (US$950) e 128GB com Wi-Fi + Cellular (US$1.070).

Entretanto, os acessórios demonstrados no palco serão vendidos separadamente. O Apple Pencil e o Smart Keyboard estarão disponíveis a partir de novembro, por US$100 e US$170, respectivamente.

Nova linha inclui o iPad mini 4

Além do iPad Pro, a Apple trouxe um novo iPad mini para a sua linha, incorporando as mesmas capacidades do iPad Air 2 no seu design menor. Ele será vendido a partir de US$400. Ao seu lado estará o iPad mini 2 (sim, com processador A7 e sem Touch ID), a partir de US$270.

Linha de Smart Covers coloridas para o iPad mini 4

Os iPads Air e Air 2 serão mantidos nos seus dois atuais modelos, a partir de US$400 e US$500, respectivamente.

Posts relacionados

Comentários