Samsung e Sony não se aguentam e provocam a Apple para chamar atenção

Por mais que existam outras empresas tão grandes1 quanto a Apple, é difícil ganhar a atenção que a Maçã obtém — especialmente quando ela lança novos produtos, como aconteceu nesta semana. O que fazer, então, para aparecer em períodos tão críticos? Ora, apelar!

Confira o novo comercial da Samsung:

Não é um telefone, é um Galaxy: carregamento sem fio

https://www.youtube.com/watch?v=tgmhi0Vi9oo

Pare de perder tempo se enrolando com cabos de alimentação, o Galaxy Note5 e o Galaxy S6 edge+ têm muito a ser explorado. Não é um telefone, é um Galaxy.

Eu nem vou entrar no mérito do carregamento sem fio — já fizemos isso aqui. O que mais me chamou a atenção no comercial foi o trocadilho infame com a nova campanha da Apple (“Se não é um iPhone, não é um iPhone”). Até quando essas empresas continuarão promovendo os aparelhos da Maçã dando esse tipo de destaque a eles?

A Sony também não se aguentou e resolveu provocar a Apple utilizando o convite do evento especial como base.

Tudo começou com este tweet:

https://twitter.com/sonyxperia/status/641585808131100673

Depois, como a Apple não falou nada sobre a bateria do iPhone no evento, a Sony resolveu espetar:

https://twitter.com/sonyxperia/status/641712869105627136

Uma vida útil de bateria que vale a pena mencionar… até 2 dias de bateria com a série Xperia Z5.

A provocação continuou com os supostos poucos megapixels da nova câmera iSight:

https://twitter.com/sonyxperia/status/641941291140407296

Uma câmera de 12MP contra uma de 23MP. Não é hora de trocar para um Sony?

E continuou já que, apesar de gravar vídeos em 4K, a tela do iPhone não conta com uma resolução tão grande:

https://twitter.com/sonyxperia/status/641992172884127745

Gravar em 4K é incrível. Gravar e assistir em 4K é Xperia Z5 Premium.

É óbvio que existem diferenciais bacanas nos aparelhos da concorrência, mas é incrível como elas simplesmente não aprendem algo básico: dificilmente alguém compra um iPhone por conta das especificações técnicas dele. Se for por essa linha, eu não tenho dúvida nenhuma de que os smartphones da concorrência dão um banho no iPhone (tem aparelho aí no mercado com processador octa-core, 4GB de RAM, câmera com 43MP, tela 4K, etc.).

Samsung, Sony… não é enaltecendo esses números que vocês conseguirão roubar usuários do iPhone. Qual é a resposta? Eu sinceramente não sei, mas essa estratégia já mostrou que não serve absolutamente de nada.

Minhas dicas? Samsung, não trate os usuários de iPhones (que você quer conquistar, por sinal) como bichos estúpidos que simplesmente não conseguem enfiar um simples cabo em um conector. Isso pega mal…

Sony, ao anunciar que o seu aparelho é à prova d’água (algo que eu gostaria muito de ver nos iPhones, inclusive) e mostrar imagens de pessoas utilizando o telefone debaixo d’água normalmente, certifique-se de que ele funcione assim. Promover uma coisa e depois falar — conforme o Xperia Blog informou — “não usar o dispositivo debaixo d’água” em artigos de suporte não é nada, nada legal.

Antes de atacar os outros, que tal fazer o próprio dever de casa? 😉

[via iClarified, BGR]

Posts relacionados

Comentários