Apple poderá ter que pagar multa à Rússia por disponibilizar Emojis gays em seus sistemas

por Andreza Lolatto

A polícia russa está investigando a Apple pela inclusão de Emojis gays no teclado do iOS — e do OS X. As “novas” (afinal, elas estão no sistema desde 2012!) imagens disponibilizadas mostram pessoas do mesmo sexo juntas e como uma família, sendo apontadas como propaganda de conteúdo homossexual.

Emojis

A denúncia, segundo o Telegraph, partiu do advogado Yaroslav Mikhalov. Ele considera que a empresa está violando uma lei sancionada em 2013 que proíbe a “promoção” da homossexualidade. Se condenada, a Apple poderá arcar com multa de aproximadamente R$60 mil (sim, uma merreca).

O caso, é claro, não se limita apenas à Apple; algo parecido também aconteceu com o Facebook. Neste caso, o denunciador foi o senador russo Mikhail Marchenko, porém usou da mesma justificativa: os Emojis inseridos pela rede fazem propaganda homossexual. Entre as imagens encontram-se personagens gays de mãos dadas, ao lado de bandeiras com o símbolo do arco-íris ou simulando um casamento. Para o político, o problema ainda aumenta quando se levanta a questão de que menores de idade também podem visualizar tal conteúdo, portanto, é mais um agravante na acusação segundo os pilares da tradição russa.

Enquanto o país ainda caminha contra a regulamentação dos direitos homossexuais, não só aplicativos como a própria Apple tomam movimento oposto, promovendo a igualdade sexual.

[via Cult of Mac]

Posts relacionados

Comentários