Consumer Reports é mais uma a confirmar que *não* existe um #chipgate

Se você não engoliu o que a Apple disse e/ou não se deu por satisfeito com o teste do Ars Technica, agora foi a vez da Consumer Reports de avaliar a polêmica do #chipgate.

Para quem não se lembra a CR foi quem, em 2010, não recomendava o iPhone 4 devido ao #Antennagate. Ela repetiu a avaliação negativa em 2011 com a chegada do modelo CDMA do iPhone 4, só afirmando que a Apple resolveu tal problema quando o iPhone 4s foi lançado. No ano passado, na época do #bendgate, ela concluiu que os iPhones 6/6 Plus não eram tão “entortáveis” quanto se imaginava.

A bola da vez, claro, são as possíveis diferenças entre os chips A9 da Samsung e da TSMC encontrados nos iPhones 6s e 6s Plus. A CR colocou diferentes aparelhos configurados da mesmíssima forma sob testes variados — simulando o uso real dos smartphones — e concluiu que as diferenças entre eles são irrisórias, não passando de 1-2% (até menos do que a Apple havia dito).

“Não encontramos diferenças notáveis em autonomia de bateria ou temperatura entre os modelos de iPhone 6s com chips variados”, concluiu a organização.

É, pelo jeito desta vez não há nenhum #gate real nos iPhones…

[via Cult of Mac]

Posts relacionados

Comentários