Finalmente: sistema de assistências técnicas da Apple agora traz orientações sobre a troca de telas de MacBooks Pro com manchas

Tela do MacBook Pro Retina com problema

Falamos originalmente do problema em março. Em julho, ainda sem uma posição oficial da Apple, consumidores se juntaram para abrir um processo contra ela e até deram um nome ao caso: #Staingate.

De ontem para hoje, finalmente pintaram no GSX (Global Service Exchange, o sistema interno que assistências técnicas autorizadas Apple têm acesso) informações oficiais sobre o problema com orientações do que fazer.

A Apple diz:

Em modelos de MacBook e MacBook Pro com telas Retina, o revestimento antirreflexivo da tela pode se desgastar ou delaminar em determinadas circunstâncias.

Se os clientes informarem um problema com a aparência da tela, confirme se o problema está relacionado ao revestimento antirreflexivo, conforme descrito neste procedimento, e substitua a tela Retina afetada. A Apple autorizará a cobertura para o período de até três (3) anos da data de compra original ou um (1) ano a partir de 16/10/2015, o que for maior.

Qualquer MacBook Pro lançado entre meados de 2012 e meados de 2015 pode ser afetado pelo problema, segundo a documentação da Apple. Felizmente, conforme ela aponta, a tela é trocada sem custo nenhum para o cliente mesmo após o término da garantia.

Quem chegou a pagar diretamente pela troca do componente antes disso pode tentar entrar em contato com a Apple para obter um reembolso. Ela costuma agir positivamente nesses casos.

No Brasil, clientes afetados devem se direcionar a uma das duas Apple Retail Stores ou a qualquer Centro de Serviço Autorizado Apple.

[dica do André Pessica]

Posts relacionados

Comentários