Tim Cook diz que nova Apple TV começará a ser vendida na semana que vem; Apple Music já tem 6,5 mi de assinantes pagos

Conforme anunciamos no mês passado, o CEO da Apple, Tim Cook, participou deste ano pela segunda vez seguida da conferência WSJDLive — organizada pelo The Wall Street Journal. A entrevista com ele — realizada por Gerard Baker, editor executivo do WSJ — ocorreu nesta madrugada.

Eis os assuntos que foram debatidos, em resumo:

Nova Apple TV

Cook revelou que a aguardada nova set-top box da Maçã começará a ser vendida na próxima segunda-feira, 26 de outubro, chegando aos primeiros consumidores já na semana que vem. Lembrando que, nos Estados Unidos, ela custará US$150 para o modelo de 32GB e US$200 para o de 64GB; no Brasil os valores ainda não foram divulgados, embora o produto já tenha sido homologado pela Anatel.

Apple Music

O polêmico serviço de streaming de músicas da Maçã já tem 6,5 milhões de assinantes pagos e outros 8,5 milhões no seu período trial gratuito, totalizando agora 15 milhões de usuários ativos. O número ainda é relativamente baixo comparado aos mais de 20 milhões de assinantes pagos do Spotify (que está em operação há nove anos, vale lembrar), mas a Apple parece estar satisfeita com a sua performance até aqui. No começo de agosto, eram 11 milhões — todos ainda no período trial.

Apple Watch

O CEO negou-se a responder uma pergunta sobre quando o relógio poderá ser utilizado de forma totalmente independente do iPhone.

CarPlay

A intenção da Apple, segundo Cook, foi levar “a experiência iPhone” ao carro e ela continua totalmente focada nisso a curto prazo. O executivo comentou que enxerga “uma mudança massiva” ocorrendo nessa indústria (hum…).

Segurança

Cook manteve o “discurso oficial da Apple” de que usuários têm total direito à sua privacidade e que o caminho para segurança não é instalar backdoors, e sim oferecer a melhor criptografia possível.

Posts relacionados

Comentários