Empregado da Apple que roubou US$1 milhão em Gift Cards poderá pegar até 15 anos de prisão

Um ex-empregado da Apple foi acusado de furto e alguns outros crimes depois de supostamente ter usado cartões de crédito/débito fraudulentos para comprar US$997 mil em Gift Cards da Apple, em apenas três meses.

Publicidade

De acordo com a NBC New York, Ruben Profit (de 24 anos, que trabalhava para a Apple desde 2013 e tinha sido transferido para a a primeira loja da Maçã no Queens) teria utilizado, entre agosto e outubro de 2014, diversos cartões Visa e American Express para adquirir os Gift Cards da Apple.

Uma investigação então foi aberta no período, quando a Apple começou a receber notificações de estornos indicando que as transações eram fraudulentas.

Ao ser preso, Profit tinha com ele 51 cartões de crédito/débito com tarjas magnéticas utilizadas para realizar a fraude (decodificar as informações dos cartões) e 7 Gift Cards da Apple totalizando US$14 mil.

Publicidade

Ele contou para a polícia que ficava com US$200 de cada US$2.000 dos Gift Cards que fornecia a uma outra pessoa — provavelmente uma quadrilha especializada nesse tipo de golpe. Assim, podemos concluir que Profit faturou (sem trocadilhos com o sobrenome, que em inglês significa “lucro”) quase US$100 mil com essa brincadeira. Que acabou, é claro.

Agora, se for condenado, ele poderá pegar até 15 anos de prisão.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…