Na Alemanha, Apple inicia testes de cobranças da iTunes Store através de operadoras [atualizado]

Cobrança na iTunes Store via operadora

No Brasil, basicamente só podemos pagar por conteúdos da iTunes Store (incluindo também App Store, iBooks Store, etc.) usando cartões de crédito habilitados para uso internacional — afinal, tudo é vendido em dólar. Mas em outros países a Apple também aceita cartões de débito, créditos adquiridos via cartões pré-pagos e/ou até mesmo PayPal. Agora, ela iniciou testes de uma nova modalidade na Alemanha.

Em parceria com a operadora O2 (que faz parte do grupo Telefónica, dona da Vivo no Brasil), conta o TechCrunch, a Apple está agora oferecendo a consumidores alemães a possibilidade de pagarem suas compras na iTunes Store através da própria conta de telefonia celular. A opção está sendo liberada gradualmente para os clientes da O2 e deverá estar disponível para todos ainda em novembro.

Por ora a novidade está mesmo restrita a essa operadora na Alemanha, mas é bem possível que se expanda internacionalmente com o tempo. No Brasil, algo assim só seria possível com a nacionalização total das lojas virtuais da Apple — o que é discutido pelo menos desde o final de 2011. O grande problema seria que, com a conversão/flutuação monetária e impostos em cascata, um app de US$0,99 não sairia por menos de R$4,99 para nós. Talvez até mais.

Atualização · 03/12/2015 às 19:07

A CNBC noticiou hoje que a Apple está expandindo essa novidade para a Rússia, em parceria com a operadora Beeline (unidade doméstica da VimpelCom).

Posts relacionados

Comentários