Alguns empregados do Facebook estão sendo obrigados a trocar seus iPhones por aparelhos com Android

Facebook

Se alguém lhe oferecer um iPhone ou um Android1, qual você escolhe? Fazer essa pergunta em um site sobre Apple é pedir para saber a resposta, na maioria dos casos. Mas esse cenário se repete entre empregados do Facebook, e isso está se tornando um problema para a empresa.

Explico: o Facebook tem atualmente 1,5 bilhão de usuários e quer continuar crescendo, é claro. Para isso, precisa se expandir para mercados emergentes, normalmente países os quais não necessariamente contam com uma infraestrutura adequada (o que inclui serviços de internet). Além de ter que desenvolver tecnologias específicas para esses países (na Índia e em outros, por exemplo, o Facebook desenvolveu uma espécie de “anúncio em vídeo que não é vídeo” por conta da velocidade de conexão), a empresa está trabalhando para oferecer a melhor experiência possível a esses usuários que, generalizando, utilizam aparelhos medianos com o sistema operacional Android.

Para entender melhor esse cenário, o Facebook criou as “2G Tuesdays” (“Terças-feiras 2G”). Toda terça-feira, ao abrir seus aplicativos, empregados do Facebook visualizam uma mensagem perguntando se eles gostariam de navegar com uma conexão 2G, simulando a internet disponível em diversos países. Assim, os empregados que criam a experiência na rede têm a real noção (ainda que seja por uma horinha, apenas) do que é navegar nela em velocidades não tão boas assim.

Só que muitos empregados do Facebook utilizam iPhones, o que não ajuda na tarefa de replicar esse cenário acima. Por isso, Chris Cox, CPO (chief product officer, ou diretor de produto) do Facebook, está mandando que ao menos parte da sua equipe migre para o Android.

Estou exigindo que uma grande parte da minha equipe mude para o Android, pois se você deixar que as pessoas escolham seus próprios aparelhos, elas muitas vezes preferirão o iPhone.

Eu não queria estar nesse grupo. Parece até o #DesafioAndroid que o Rafael está fugindo como o diabo foge da cruz! 😛

[via WIRED]

Posts relacionados

Comentários