Review de leitor: Apple CarPlay

por Leonardo Freitas, da Renderaê

Desde o lançamento do CarPlay, lá em março de 2014, junto ao iOS 7.1, eu nunca fiquei empolgado com ele. Era restrito a carros de luxo, a Siri não funcionava no Brasil e eu não estava muito interessado em comprar um Porsche, pelo óbvio motivo de não gostar de nenhuma das cores disponíveis… 😛

O meu carro (um Hyundai Santa Fe) não possuía um kit multimídia decente. É o modelo 2011/12 e essa versão não possui Bluetooth ou GPS nativos, o que sempre foi um problema para mim, que dirijo muito. Sem contar que quase nenhum desses modelos antigos da Hyundai é compatível com o cabo Lightning, tornando difícil até mesmo carregar o celular no USB do veículo, que tem pouca energia (o meu iPhone é um 6 Plus).

Foi então que agora, em outubro, fui pesquisar alguns sistemas multimídia com GPS, áudio e chamadas Bluetooth compatíveis com o meu carro. Encontrei uma série de modelos, com o acabamento que imita o design do carro, mas com uma interface bem ruim e várias reclamações em fóruns nos quais pesquisei. Sem contar o preço, que ficava na faixa de R$1.500 a R$1.800, por uma coisa meio genérica e sem marca.

Aí, veio a surpresa: a Pioneer tinha lançado, recentemente, dois modelos com tudo o que eu queria e ainda compatíveis com o Apple CarPlay, garantia nacional e preço aceitável. São eles: AVIC-F70TV e AVIC-F970TV.

Modelos e preços

Sei que o que interessa para nós aqui é o CarPlay, mas acho importante falar algumas coisas pra vocês, visto que os produtos são novidade no Brasil.

Primeiro, eles são fabricados em nosso país, fazendo com que seja muito melhor comprar aqui do que importar. Nos Estados Unidos eles custam em torno de US$600 e aqui eles saem por uma média de R$2.000 a R$2.500, sem contar a vantagem da garantia.

Os modelos se diferenciam apenas pelo tamanho de tela e por uma entrada para cartões SD no modelo maior. O F70TV possui 7 polegadas e o F970TV, 6,1 polegadas. A diferença de preço deles é de R$200 a R$400. Mas nem foi apenas o fator preço que me fez escolher o F970. Por uma experiência anterior com um multimídia da Pioneer, eu não gosto do acabamento do modelo de 7 polegadas, pois a tela retrátil “salta” para fora do painel, tornando impossível mascará-la de forma discreta, pois ela precisa ter a parte inferior livre para abrir. Eu acho isso meio estranho, mas isso é gosto pessoal.

Fiz um vídeo bem detalhado sobre o processo de instalação e informações de onde comprar:

O funcionamento do CarPlay está a partir de 13’15”.

Usando o CarPlay

Primeiramente, é bom lembrar que o recurso é uma solução da Apple para utilizar o iOS no carro de forma segura e com boa usabilidade. Não foi pensado pra uso de Facebook, WhatsApp, vídeos, etc. Então fique ciente de que não se trata de um espelhamento de tela, por exemplo.

O uso do CarPlay é extremamente simples e não é preciso configurar absolutamente nada. Basta espetar o cabo no iPhone e em segundos o sistema multimídia mostra a interface da Apple em funcionamento total.

Com mais de uma semana de uso, fiquei muito satisfeito com a aquisição. A Siri realmente faz diferença e minha experiência ao volante ganhou uma pitadinha de Apple. Ainda bem que é apenas um software e a Pioneer que vende o hardware, senão seria impossível comprar na atual realidade da Maçã.

Aplicativos

Os aplicativos principais são: Telefone, Música, Mensagens, Mapas (que ainda não funciona no Brasil), Podcasts, Audiolivros e, atualmente, Spotify.

Aplicativos do Apple CarPlay

Vou começar falando do Spotify que, apesar de eu adorar, perdeu lugar pro Apple Music devido à integração com o sistema, que demonstro muito bem no vídeo. Além da falta de integração, o aplicativo do Spotify ainda sofre com alguns bugs em todas as versões de CarPlay que vi. Mas não é nada que não dê para usar.

Spotify no Apple CarPlay

Se você não gosta do Apple Music ou simplesmente prefere o Spotify, a opção é excelente também.

Chamadas e mensagens

As chamadas e mensagens são super-simples. Ao tocar no ícone, a primeira opção do sistema é ativar a Siri, perguntando para quem você quer ligar ou enviar uma mensagem. Para contatos, é possível fazer isso de forma manual, navegando entre favoritos, recentes, contatos e o teclado numérico.

Siri no Apple CarPlay

Já o envio e recebimentos de mensagens é exclusivo pela Siri. Não é possível visualizar a mensagem na tela, de forma nenhuma. A Apple não quer que você tire os olhos da estrada e leia mensagens, afinal.

Para qualquer coisa que quiser fazer, você tem várias opções: pressionar o ícone, segurar o botão Início na tela do multimídia (ou o de chamada no volante do seu carro) ou falar “E aí, Siri”. Se seu microfone estiver bem posicionado (o meu está no para-brisas, na parte de cima), a Siri vai responder muito bem. A experiência é muito bacana e interface limpa faz com que você nem precise olhar pra tela para acessar os ícones com o dedo.

Músicas e Podcasts

O ponto alto do sistema de entretenimento é esse. Eu não gostava do Apple Music pois estava acostumado com o Spotify, mas o uso do CarPlay me fez dar uma chance ao serviço de streaming da Apple e não me arrependo (mesmo sendo hoje R$5 mais caro). Depois que me acostumei com a interface do Apple Music, refiz boa parte da minha biblioteca musical e foi bom pois percebi que muita coisa estava ocupando espaço e eu nem ouvia. Foi como fazer uma “instalação limpa” de músicas.

Apple Music no Apple CarPlay

A interface no CarPlay é simples e muito semelhante à que encontramos no iPhone. É fácil de navegar tocando na tela, mas o ponto alto é realmente a Siri. Você pode pedir, por exemplo, uma música específica — sem tirar as mãos do volante. Ou um podcast, que costuma ser ainda mais difícil de encontrar algum específico, pois possuem títulos variados. Além da comodidade, a segurança é algo que não dá para negar.

Músicas que não estão offline, a Siri busca na biblioteca Apple Music e é bem rápido. Fiz um teste, específico, falando: “Siri, eu quero ouvir a música Agachadinho, do Harmonia do Samba”. E a assistente, pagodeira como é, ainda me trouxe uma versão ao vivo. Vale notar que eu não tenho nenhuma música da banda no meu iPhone.

Rádio Beats 1 no Apple CarPlay

Além disso, a rádio Beats 1 também está disponível em uma das abas, que fica como opção para quem quer ouvir músicas de forma mais aleatória com a linguagem de rádio.

Navegação Bluetooth e Mapas

Por fim, tentei utilizar o CarPlay via Bluetooth, mas não consegui; meu iOS é o 9.1. Talvez em atualizações futuras a Pioneer faça esse ajuste, pois, pelo que vi, depende da empresa do hardware. Eu não vejo problema em deixar o celular no cabo, acho até que a qualidade sonora é melhor — além de deixá-lo recarregando. Mas de vez em quando você precisa pegar nele e, se o cabo for muito curto, pode atrapalhar.

O Mapas faz realmente falta, pois, apesar de o sistema multimídia possuir um bom GPS nativo, não fornece informações em tempo real do trânsito, além de localizações próximas e busca por voz. Ficar digitando o endereço, letra por letra, sem um motor de busca que ao menos complete a digitação, foge bastante das facilidades que temos no mundo de hoje e que o próprio CarPlay nos acostuma.

Eu tinha a esperança de o Google Maps ficar disponível em breve, mas nem o Android Auto funciona no Brasil ainda, então não vou me animar. Aliás, esse modelo da Pioneer também é compatível com o Android Auto.

Como brasileiros nos resta, mais uma vez, esperar.

Posts relacionados

Comentários