Empregados da Pegatron são presos por roubarem mais de 200 iPhones e acessórios

Tim Cook na China

O ShanguaiDaily.com informou hoje que seis trabalhadores da Pegatron (parceira da Apple) e quatro que trabalhavam no restaurante dentro da montadora receberam penas (acusados de roubo, estelionato e ocultar ganhos ilícitos) que variam entre 8 meses e 7 anos de prisão por roubarem 227 iPhones, 360 placas lógicas e 58 baterias da linha de produção da Maçã a fim de revender no mercado paralelo.

Segundo os promotores, os empregados começaram a agir logo depois do lançamento do iPhone 6, em 2014. Os trabalhadores da linha de produção roubavam os aparelhos/acessórios e os escondiam no banheiro da fábrica. Depois, repassavam tudo para a gerente do restaurante da Pegatron que escondia os produtos nas várias instalações às quais tinha acesso e, depois, levava para fora da fábrica.

A soma dos produtos/acessórios roubados chega a quase R$600 mil.

[via Cult of Mac]

Posts relacionados

Comentários