Turnê mundial da cantora Taylor Swift já está disponível no Apple Music — e apenas nele!

Nós não lhe pedimos iPhones de graça. Por favor, não nos peça para lhe fornecer nossas músicas sem nenhuma compensação.

Foi assim, em uma carta aberta da Taylor Swift à Apple, que começou o interesse da Maçã em mostrar que não quer explorar nenhum artista, mudando sua estratégia para pagar royalties durante o período de testes do Apple Music.

Mas o que ninguém sabia até então é que a empresa aproveitou a alfinetada para oferecer à cantora uma oportunidade incrível: gravar a “1989 World Tour” — a quarta turnê da artista que, embora já tivesse começado, ainda restavam 70 shows para terminar.

Isso é ótimo tanto para ela quanto para a Apple: Swift receberá por cada streaming, enquanto a Apple poderá usar o poder do nome dela (que já ganhou sete Grammys e está indicada para mais sete no próximo ano) em qualquer lugar para divulgar o seu serviço musical, inclusive em lojas físicas, outdoors, Cartões Presente (Gift Cards) da iTunes Store, etc.

Contudo, pensando pelo lado de quem até registra frases do álbum “1989” para que nenhuma empresa as utilize sem pagar royalties, esse acordo não deve ter sido barato!

Sabe aquilo de “o aniversário é meu, mas quem ganha o presente é você”? Então, a divulgação começou no dia do aniversário de Swift, semana passada, por vários lugares:

…diariamente, através das redes sociais da cantora (como o Twitter) que tem quase 70 milhões de seguidores:

https://twitter.com/taylorswift13/status/676085322061512704

…pelo Twitter oficial do Apple Music:

…e, pasme! No site oficial da Apple (inclusive no brasileiro):

"1989 World Tour" no site da Apple

Rolou até uma entrevista de 30 minutos em um estádio, com exclusividade para a rádio Beats 1 (da Apple Music) na qual Swift brinca que, após a sua carta aberta, ficou com medo de ter seu celular bloqueado, sua câmera vigiada, ou todas as suas músicas retiradas da iTunes Store. 😛

Confira:

Curiosidades sobre a “1989 World Tour”

  • A turnê mundial “1989” leva o nome do último álbum, que está indicado para o Grammy de 2016 de Álbum do Ano.
  • Todos os shows da turnê tiveram os ingressos esgotados!
  • Em números: mais de 2 milhões de pessoas assistiram à turnê, que arrecadou US$250 milhões.
  • Inúmeras participações especiais durante diversos shows acontecem, como: Ed Sheeran, Imagine Dragons, Echosmith, Nick Jonas, Lorde, Jason Derulo, Fifth Harmony, Selena Gomez, Wiz Khalifa, Avril Lavigne (mesmo após a indireta de Swift), Leona Lewis, Ellie Goulding, Ricky Martin e muitos outros.
  • Segundo a cantora, a participação mais inesperada foi a de Mick Jagger (do Rolling Stones); ao mandar uma mensagem oferecendo a participação no show dela, a resposta foi: “O que vou vestir?” 😛
  • O museu Madame Tussauds, em Berlim (famoso por suas estátuas de cera realistas) inaugurou recentemente uma estátua da Taylor Swift com o figurino da “1989 World Tour”.

Taylor Swift no Apple Music

Só dá ela no Apple Music!

A turnê completa já está disponível através do boleto bancário para assinantes do Apple Music (lembrando que você pode testar o serviço por 90 dias, caso ainda não tenha feito) através deste link, diretamente do aplicativo Músicas no seu iGadget, Apple TV ou ainda pelo iTunes.

Curtiu? Que show você gostaria de ver no Apple Music? Conta pra gente! 🙂

[via Re/code, @Ghünnter]

Posts relacionados

Comentários