Primeiro processo aberto contra a Apple em 2016 é focado no sensor de batimentos cardíacos do Watch

Ainda ontem falamos de um processo aberto contra a Apple por donos de iPhones 4s, mas aquele ainda foi registrado nos últimos dias de 2015. O primeiro deste ano vem de uma empresa chamada Valencell Inc., especializada em biometria, a qual alega que a Apple (e a Fitbit!) está infringindo algumas de suas patentes no sensor de batimentos cardíacos do Watch.

Publicidade

Além das supostas violações em si, a Valencell também incluiu na ação uma acusação de “quebra de contrato” pois a Apple teria baixado documentos (white papers) do seu site sem prover informações de contato reais/precisas no formulário de cadastro. Ela conseguiu determinar isso analisando endereços de IP da Apple nos registros de downloads.

A Valencell, que já tem acordos com empresas como LG e Intel, afirma ter inclusive discutido o licenciamento da sua tecnologia com a Apple mas que as conversas não avançaram até o lançamento do Watch.

Eis o processo, na íntegra:

Publicidade

Na justiça, a Valencell busca uma injunção preliminar ou permanente que impeça a continuidade das violações, além de ressarcimentos por danos e o pagamento de royalties por venda caso não consiga uma injunção definitiva (o que é, obviamente, bastante improvável).

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…