Apple foi a única fabricante de computadores que cresceu em 2015

Já tem um bom tempo que as vendas de PCs no mundo não estão lá essas coisas. Mas tem uma empresa que simplesmente “ignora isso” e continua crescendo como se nada estivesse acontecendo. Claro, não estamos falando de um crescimento de dois dígitos nem nada estratosférico, mas é no mínimo curioso ver apenas uma empresa tendo resultados positivos enquanto as outras despencam ladeira abaixo.

Vendas* (2015)Market share (2015)Vendas* (2014)Market share (2014)Crescimento
Lenovo57,119,8%58,918,8%-3,1%
HP52,518,2%54,917,5%-4,4%
Dell39,113,6%40,412,9%-3,3%
ASUS21,17,3%22,67,2%-6,5%
Apple20,77,2%19,56,2%5,8%
Acer Group20,37,0%24,07,7%-15,3%
Outras77,626,9%92,929,6%-19,7%
Total288,7100%313,6100%-8,0%

(*) Vendas em milhões de unidades.

De acordo com dados da Gartner, a Apple foi a única fabricante de computadores a ter um resultado positivo em 2015. Enquanto Lenovo, HP, Dell e ASUS (as quatro primeiras do ranking) tiveram queda nas vendas entre 3,1% e 6,5%, a Apple (quinta colocada) cresceu 5,8%.

Curiosamente, apesar desse cenário, todas as cinco primeiras colocadas no ranking global ganharam fatia de mercado em 2015; Apple e Lenovo foram as mais expressivas, ganhando um ponto percentual cada. Isso aconteceu pois o Acer Group e as outras fabricantes tiveram perdas muito mais significativas do que as quatro primeiras colocadas do ranking, então mesmo com a queda nas vendas elas expandiram seus respectivos market shares.

É incrível ver a força dos Macs em um momento em que *todos* — inclusive Tim Cook — questionam o papel dos PCs na realidade atual. No último trimestre fiscal da Apple, por exemplo, os Macs representaram 13% da receita da empresa enquanto os iPads, “apenas” 8%. Isso diz muita coisa, não?

Eu realmente fico contente de ver que os Macs estão com esse desempenho. Vida longa aos computadores! 🖖🏼

[via AppleInsider]

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários