Desenvolvedora do f.lux pede que Apple abra as APIs do novo recurso “Night Shift”, do iOS 9.3

Há poucos dias, a Apple disponibilizou a primeira versão beta do iOS 9.3 — que vem com um recurso totalmente novo chamado Night Shift, algo como um “Modo Noturno”.

Em conformidade com estudos que afirmam que luz azul brilhante à noite pode afetar o sono de pessoas, o que o recurso faz é automaticamente alterar as cores e a temperatura da tela de iPads e iPhones/iPods touch de forma a torná-las mais agradáveis aos olhos. E isso tudo de forma automática, considerando a hora do dia e a localização do usuário.

A Apple está longe de ser pioneira na ideia, porém. Ainda em 2010, falamos aqui no site do f.lux — um software que fazia basicamente isso em Macs. Ele ganhou uma grande atualização em 2014 e até tentou ser lançado oficialmente para iOS, mas foi barrado pela Apple (só existe hoje no mundo jailbreak).

Agora, com a chegada do Night Shift ao iOS 9.3, a desenvolvedora do f.lux escreveu uma carta aberta à Apple solicitando que ela abra as APIs do recurso e permita a entrada do f.lux na App Store. A ideia dos caras provavelmente é oferecer mais opções do que o recurso nativo do iOS, tal como já ocorre com outros aplicativos tais como navegador, cliente de email, comunicador, etc.

Veremos se a Apple atenderá ou não ao pedido…

[via MacRumors]

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários