Enquanto trabalha no seu serviço de streaming, Apple lista todos os atuais provedores de conteúdo para a Apple TV [atualizado]

Como todos vocês já devem saber, a nova Apple TV (quarta geração) veio finalmente com uma App Store e é por lá que usuários têm acesso a todos os canais de conteúdo que quiserem instalar. Nas antigas, era a própria Apple que controlava isso tudo.

Apple TV de quarta geração com Siri Remote cortados e meio de lado

Agora, a Apple publicou um artigo de suporte1 que lista *todos* os provedores de conteúdo da Apple TV — inclusive das suas segunda e terceira gerações.

Em cada um deles, a Apple identifica se o canal está disponível mundialmente, só nos Estados Unidos ou em alguns certos países. O Esporte Interativo é o único exclusivo no Brasil, mas também temos acesso a alguns outros que não estão disponíveis em todos os lugares — como ABC News, Vevo e o próprio YouTube. Por outro lado, é uma pena que sejamos um dos poucos locais que não têm acesso ao canal do UFC.

Numa nota relacionada, recentemente noticiamos que o CEO da CBS afirmou que a Apple havia colocado o seu rumorado novo serviço de streaming de vídeos “em hold“. Pois hoje foi o presidente da ESPN, John Skipper, que falando ao Wall Street Journal também confirmou ter tido conversas com a Apple e que acredita no potencial da solução dela.

Segundo Skipper, a Apple está “frustrada” por não ter conseguido até agora chegar a um consenso com provedores/fornecedores de conteúdo para esse novo serviço.

[via iDownloadBlog, MacRumors]

Atualização · 19/01/2016 às 19:10

Em outra nota relacionada, o Re/code noticiou hoje que Ben Keighran — designer que veio do Chomp e trabalhou profundamente na nova Apple TV (e no tvOS) — está deixando a companhia para se focar num novo projeto de forma totalmente independente.

Keighran não era, porém, do alto escalão da Apple. Ele respondia a Bill Bachman, que gerencia os apps de mídia da Apple; este responde a Robert Kondrk, vice-presidente de conteúdos da iTunes; e este sim responde a Eddy Cue, vice-presidente sênior de softwares e serviços de internet.

O designer comentou que a decisão de sair da Apple foi “difícil”.

Posts relacionados

Comentários