É natural imaginar que um cofundador da Apple sempre ficaria do lado dela, mas Steve Wozniak já foi muitas vezes contra decisões recentes da companhia — até porque ele não opina mais por lá. Não no caso do FBI.

Em uma entrevista no programa de Conan O’Brien, Woz deixou claro o quanto valoriza privacidade e direitos humanos, ficando no lado da Apple nessa disputa. Ele chegou inclusive a comentar que o FBI teria se focado “no caso mais besta de todos”, referindo-se ao fato de que o iPhone 5c em questão era de uso profissional do terrorista e que dificilmente haverá algo de útil ali dentro.

Referindo-se ao desejo do FBI de a Apple criar uma backdoor no iOS, Woz disse:

Em uma duas ocasiões na minha vida, tentei escrever algo tipo um vírus que poderia se espalhar por computadores Macintosh. Em ambas, joguei fora todo o código que tinha escrito. Fiquei com tanto medo, porque você não quer algo assim por aí. Uma vez que você cria algo do tipo, há uma grande chance de hackers porem as mãos nela.

No site do programa de Conan há também outras duas partes da entrevista (primeira, segunda) que tratam de outros temas da vida de Woz, como uma graduação que ele fez usando um nome falso e o fato de até recentemente ele não ter uma conexão de banda larga em sua casa.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários