deadmau5 comandará um novo programa na rádio Beats 1; Apple Music ganhará remixes/mixagens

Novidades na Beats 1, a rádio global/gratuita do Apple Music!

Se você curte deadmau5 (nome artístico do produtor musical canadense Joel Thomas Zimmerman), saiba que a partir da próxima sexta-feira (18/3) ele comandará o programa intitulado “mau5trap presents”, que irá ao ar às 19 horas (pelo horário de Brasília) na Beats 1.

Tirando o tweet acima, absolutamente nada sobe o programa foi comentado. Ou seja, não sabemos o que virá por aí.

Vale notar que o programa não é o primeiro comandado por artistas e figuras do mundo musical. Desde o lançamento do Apple Music, a rádio Beats 1 já conta com programas planejados e apresentados por Jaden Smith, St. Vincent, Josh Homme, a dupla Disclosure, Pharrell Williams, Drake, Elton John e Dr. Dre.

A adição de deadmau5 é curiosa pois, quando o TIDAL foi lançado, Zimmerman era um dos artistas que estava apoiando publicamente a nova empreitada de Jay Z. Que sabe o contrato com a Apple tenha sido algo irrecusável; ou Zimmerman simplesmente pulou fora do barco do TIDAL depois de toda a briga envolvendo Kanye West1.

Independentemente disso, boa notícia para os fãs do artista e que curtem a Beats 1.

·   ·   ·

Numa nota relacionada, Zane Lowe (âncora da Beats 1) foi entrevistado recentemente pela Noisey e falou, entre outras coisas, da liberdade que artistas têm para criar seus programas, dizendo que a Apple não impõe nenhuma restrição ou regra sobre o que fazer.

Aos interessados, vale a pena conferir o vídeo/entrevista.

·   ·   ·

Outra novidade da rádio da Maçã, esta divulgada pela Billboard, é que o serviço musical da Apple se tornou o primeiro a incorporar em seu catálogo remixes de músicas e mixagens de DJs graças a um acordo com a Dubset Media Holdings.

Isso será possível graças a uma tecnologia proprietária da Dubset chamada MixBank, que analisará esses arquivos (remixes/mixagens) a fim de identificar as músicas reproduzidas e pagar aos detentores dos diretos os devidos royalties. Engana-se, porém, quem acha que isso é algo simples de fazer.

De acordo com Stephen White, CEO da Dubset, uma única mixagem pode ter até 600 diferentes detentores de direitos envolvidos. Uma mixagem típica, segundo White, tem de 25 a 30 músicas. Assim, se faz necessário pagar royalties para cerca de 25-30 gravadoras e 2-10 editores por faixa. Para termos uma ideia, um arquivo de mixagem de 60 minutos demora cerca de 15 minutos para ser analisado pela ferramenta. Altamente complexo, não?

Eles conseguiram fechar acordos com mais de 14.000 gravadores/editores e, é claro, ficarão com um pedaço da receita por permitir que esse tipo de conteúdo agora seja reproduzido de forma legal em serviços de streaming — começando com o Apple Music.

[via MacRumors: 1, 2]

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários