Especialista faz análise completa de um carregador falsificado para MacBook

Nosso camarada Ken Shirriff — já publicamos aqui no site algumas de suas análises de carregadores da Apple — apareceu novamente com mais uma publicação cheia de detalhes em seu blog pessoal. Desta vez, ele fez o teardown e falou sobre o carregador de MacBooks, comparando-o com carregadores não certificados pela Apple — e destacando o grande perigo existente na utilização dessas “cópias”.

Carregador falsificado para MacBook

Pode-se dizer que os fabricantes desses carregadores falsos aprenderam com seus antecessores. Eles agora têm quase o mesmo peso do original, contam com o relevo do logotipo da Apple em sua carcaça, trazem o pino terra de metal (que muitos não utilizavam antes), etc. No passado, era possível notar as diferenças apenas pela carcaça do carregador — agora não mais, evoluindo a um ponto de quase enganar Shirriff.

Carregador falsificado para MacBook
Carregador falso à esquerda; original da Apple à direita

Mas apesar das grandes semelhanças externas, basta comparar os componentes internos para que as diferenças sejam notadas. O carregador oficial da Apple possui diversos circuitos complexos que garantem a segurança do usuário e o bom funcionamento do equipamento. Ao contrário do falsificado, que tem uma placa de baixa densidade, uma fonte de alimentação simples e um pequeno isolamento para entrada e saída de tensão — o que é um grande risco.

Os fabricantes de carregadores não-oficiais se preocupam em fabricar produtos baratos e com isso acabam escondendo falhas potencialmente perigosas nos componentes eletrônicos que existem dentro dos carregadores. É por isso que acontecem acidentes, queimaduras e até tragédias — como a mulher chinesa que foi eletrocutada por um acessório falsificado enquanto carregava seu iPhone.

Carregador falsificado para MacBook

A publicação conta com ricos detalhes que destacam diversos perigos significativos que usuários correm ao utilizar esses produtos falsos. Leia o artigo de Shirriff [em inglês]. E fica a dica para aqueles que suspeitam ter um carregador falsificado: você pode participar do programa da Apple para trocar carregadores falsos por originais ou dar uma olhada nesta página da Apple que traz informações sobre os seus adaptadores.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários