Conheça melhor o recurso Night Shift do iOS 9.3 e o quanto ele pode ajudar no sono

Depois de muitas e muitas versões beta (sete, no total), o Night Shift finalmente foi lançado oficialmente com o iOS 9.3.

Por que a Apple implementou o Night Shift?

O recurso é um método que ajusta a temperatura da cor da tela dos aparelhos. Ele foi implementado depois de um estudo feito sobre o quanto o uso de smartphones/tablets pode causar problemas de insônia em usuários.

Pense numa analogia semelhante às luzes da sua casa. As brancas possuem uma temperatura fresca (azuladas), enquanto incandescentes tradicionais possuem uma temperatura mais quente (alaranjadas).

Pesquisas científicas concluíram que a luz tem um impacto notável sobre as funções cerebrais, especialmente sobre o sono. Os olhos e o cérebro são sensíveis à luz; quando seus olhos detectam a luz mais forte — como as telas dos dispositivos — torna-se mais difícil da entrar em sono profundo, prolongando o tempo para adormecer e reduzindo o estado de alerta no acordar. É aí que entra o Night Shift, ajudando os usuários ao reduzir a quantidade de luz emitida pela tela e diminuindo essas consequências.

Como ativar o recurso?

O recurso pode ser ativado ou desativado facilmente no iOS através da Central de Controle (arrastando o dedo de baixo para cima na tela do aparelho e selecionando o ícone que mescla o sol com a lua).

Ativando o Night Shift na Central de Controle

Indo em Ajustes » Tela e Brilho » Night Shift, você tem acesso ao painel de configurações do novo recurso. Ao tocar em “Agendado” (desativado por padrão), aparecerá um horário que você poderá alterar como desejar; ou então, escolher a opção automática de acordo com o pôr/nascer do sol — que funciona com base na localização e fuso horário do aparelho.

A opção “Do Pôr ao Nascer do Sol” não está aparecendo? Saiba o que fazer

Para alguns usuários, essa opção não está aparecendo. Caso este seja o seu caso, vá em Ajustes » Privacidade » Serv. Localização » Serviços do Sistema e ative a opção “Ajuste de Fuso Horário”. Fazendo isso, a opção automática de acordo com o pôr/nascer do sol estará disponível (reinicie o aparelho se a opção ainda assim não aparecer depois disso).

Ajustes do Night Shift

Ainda nos ajustes do Night Shift, é possível configurar a temperatura da cor conforme o seu desejo — deixando a tela mais alaranjada (mais quente) ou mais azulada (menos quente).

Night Shift vs. Modo de Pouca Energia

Quando o Modo de Pouca Energia é ativado, o Night Shift é desativado automaticamente — não sendo mais possível ativá-lo nem pela Central de Controle nem pelos Ajustes. Mas, provavelmente por um descuido da Apple, ainda é possível utilizar os dois recursos ao mesmo tempo, ativando o Night Shift através da Siri (dizendo algo como”Ative o Modo Night Shift”) e os dois recursos estarão ativados em conjunto. 😊

Disponibilidade

O Night Shift está indisponível para aparelhos iOS mais antigos. O recurso é acessível em iPhones 5s, iPods touch de sexta geração, iPads mini 2/Air/Pro ou aparelhos mais novos — com o iOS 9.3 instalado, é claro. Ele requer dispositivos com chips de 64 bits (A7 ou posterior).

E no OS X?

O Night Shift é uma ferramenta muito útil para o sono dos usuários e principalmente aos que julgam os aparelhos como culpados pela insônia. Outra excelente dica é o utilitário f.lux para OS X, que permite utilizar um recurso semelhante ao Night Shift do iOS.

Mas, no fim das contas, nada melhor do que se desligar completamente desses eletrônicos na hora de dormir. Não pense que, com a chegada do Night Shift, você está liberado para ficar usando o iPhone/iPad na cama sem nenhuma preocupação. Valorize e cuide do seu sono!

[via AppleInsider: 1, 2; 9to5Mac: 1, 2]

Posts relacionados

Comentários