GoPro contrata importante designer da Apple como o seu novo vice-presidente de design

Se a Apple é considerada uma companhia que dá uma atenção fora do comum ao desenho industrial e é obsessiva com o segredo dos seus futuros produtos, sua equipe de design pode ser considerada a cúpula epicentral desse status. A Távola Redonda da Maçã® é composta por um time de 19 designers que trabalham juntos, em segredo absoluto e (aparente) total harmonia, desde a volta de Steve Jobs, capitaneada por Rei Arthur Jonathan Ive.

Bom, agora são 18: a GoPro liberou ontem um comunicado à imprensa anunciando (e confirmando um furo dado pelo The Information) a contratação do neozelandês Daniel “Danny” Coster, um dos integrantes desse grupo super-estrelado.

Coster chega à empresa das câmeras de ação para ocupar o recém-criado cargo de vice-presidente de design — ou, na prática, chefiar toda a seção de desenho industrial na GoPro. A contratação é vista como uma movimentação da companhia, considerada por muitos como dedicada a um pequeno nicho — o de esportistas e aventureiros –, para tornar-se mais atrativa ao mercado geral, possivelmente introduzindo produtos mais “mainstream” num futuro próximo. O fato é que a chegada do designer já surtiu um efeito bastante positivo nas ações da GoPro, com uma subida vertiginosa de 16% na NASDAQ após o anúncio.

iMac G3

As mãos de Coster estiveram em alguns dos projetos mais importantes que já saíram da Apple. Como um dos designers mais importantes do time da Maçã, destaca-se a sua colaboração com Jony Ive na criação do icônico iMac G3 “Bondi Blue”, considerado o produto que marcou a segunda vinda de Steve Jobs a Cupertino. Seu nome também está na patente de produtos como o iPhone 4 e o Smart Keyboard do iPad Pro, pra se ter uma ideia da extensão das colaborações de Coster.

Essa é a primeira mudança no time de designers da Apple desde o ano passado, quando a empresa promoveu Jony Ive ao cargo de executivo-chefe de design, permitindo uma maior participação sua no dia-a-dia da criação, e delegando a Richard Howarth e Alan Dye cargos mais supervisionais. No mais, fica a esperança de que uma baixa desse calibre não afete a dedicação característica da empresa à milenar arte do design.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários