“Apple Car”: empresa teria laboratório secreto de pesquisa e desenvolvimento em Berlim

Berlim

Além dos vários prédios situados na Califórnia, parece que o sigiloso “Projeto Titan” está se espalhando pelo mundo inteiro.

Publicidade

Segundo [Google Tradutor] o jornal alemão Frankfurter Allgemeine, a Apple teria formado um laboratório de pesquisa e desenvolvimento (P&D) em Berlim para trabalhar em seu misterioso carro.

A notícia relata que a equipe recrutada para trabalhar no “Apple Car” teria de 15 a 20 homens e mulheres do ramo automotivo alemão, com experiência em engenharia, software, hardware e vendas. Chamados de “progressive thinkers” (“pensadores progressistas”), esses empregados teriam aceitado trabalhar para a Maçã depois de terem suas ideias inovadoras rejeitadas por antigos empregadores mais conservadores.

Reiterando o fato de que o primeiro veículo da Maçã seria um carro elétrico — como já citamos aqui —, o jornal alemão também conta que o automóvel não poderia ser autoguiado por utilizar uma tecnologia ainda experimental.

Publicidade

Outra curiosidade interessante é o fato de que a empresa estaria sondando serviços de aluguel de carros (carsharing) — como o Drive-Now (da BMW) e o europeu Sixt —, já que ela ainda não possui uma rede de concessionária para a distribuição do produto. Ademais, a fabricante responsável citada pelo jornal seria a austríaca Magna Steyr, a qual já foi responsável por produzir para marcas de excelência como Audi, BMW, Mercedes-Benz e Porsche.

Representantes da Apple foram procurados para obter declarações sobre as especulações, mas — como de praxe — preferiram se abster de comentar qualquer rumor.

Esperamos apenas que esses esforços com dimensões internacionais sejam para trazer ao “Apple Car” o melhor da tecnologia automotiva para os possíveis consumidores. 😉

Publicidade

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…