Corpo é encontrado em sala de conferências no campus da Apple; polícia está investigando [atualizado 3x]

A KVTU, sucursal da Fox em San Francisco, relatou hoje que uma pessoa foi encontrada morta em uma sala de conferências dentro do 1 Infinite Loop, o célebre campus da Apple em Cupertino. Segundo a rede de notícias, a polícia do Condado de Santa Clara chegou ao campus logo pela manhã, quando recebeu um chamado informando o incidente, e está no local investigando o caso.

A identidade da vítima ainda não foi divulgada, e não se sabe se estamos falando de um empregado da Apple ou não. As autoridades confirmaram agora há pouco, entretanto, que trata-se de um homem, além de relatarem que uma arma foi encontrada junto ao seu corpo.

Segundo um trecho do chamado da polícia divulgado pelo TMZ, também há relatos — estes ainda não confirmados — de que uma mulher teria sido retirada do campus pelos seguranças com um ferimento na cabeça, possivelmente causado por uma arma, após uma discussão.

Coincidentemente ou não, a calamidade ocorre um dia após a Apple divulgar seus resultados financeiros mais desanimadores da última década.

Estamos acompanhando de perto a situação e, conforme mais detalhes forem sendo divulgados, atualizaremos este post.

[via Cult of Mac]

Atualização · 27/04/2016 às 16:45

Uma porta-voz da polícia do Condado de Santa Clara confirmou agora há pouco que a vítima é um homem de origem hispânica o qual era, de fato, empregado da Apple. Segundo o comunicado, o que aconteceu foi um “incidente isolado” e não há perigo para os outros funcionários e frequentadores do local — o campus continua aberto e funcionando normalmente.

Ainda não está claro se é factual o relato da mulher retirada do campus com um ferimento na cabeça, mas aparentemente trata-se de uma informação falsa.

Atualização II · 28/04/2016 às 08:25

A Apple finalmente se pronunciou sobre o caso — mas bem vagamente. A porta-voz da Maçã Kristin Huguet declarou:

Nós estamos todos de coração partido pela trágica perda de um colega jovem e talentoso. Nossos pensamentos e mais profundas condolências vão a sua família e amigos, incluindo os muitos que trabalharam com ele aqui na Apple. Estamos trabalhando para ajudá-los de qualquer forma que pudermos nesta hora difícil.

Não houve nenhum tipo de menção à identidade do rapaz — relata-se, inclusive, que no próprio campus quase ninguém soube quem morreu, embora a empresa tenha dado a opção aos seus funcionários de tirar o resto do dia de folga.

Também foi confirmado que mais ninguém ficou ferido no caso, descartando a história da mulher com um ferimento na cabeça.

[via BuzzFeed]

Atualização III · 29/04/2016 às 08:14

A Reuters divulgou a identidade da vítima. Trata-se de Edward Mackowiak, 25 anos, e segundo sua página do LinkedIn (já apagada), era engenheiro de software. Também foi confirmado pelo médico-legista do Condado de Santa Clara que a causa da morte foi suicídio.

Terrível…

Posts relacionados

Comentários