Rumores: WWDC 2016 não terá lançamentos de hardware; Siri deverá ser o grande destaque

Mark Gurman, o garoto que deve tirar o sono de Tim Cook por conta dos constantes vazamentos de informações da Maçã — e que está deixando o 9to5Mac para cobrir o mundo tecnológico diretamente do QG da Bloomberg, em San Francisco — participou recentemente do podcast Jay and Farhad Show. O jovem compartilhou algumas informações para lá de batidas e quase certeiras sobre o que podemos ver nesta WWDC e ao longo do ano; por outro lado, trouxe também alguns detalhes que até então não haviam sido comentados por ninguém e que valem menção aqui no MacMagazine.

Prontos? Então vamos lá!

Nada de novos produtos

Um balde de água fria na cabeça dos que torciam por novidades de hardware no próximo evento — eu me incluo nessa. Segundo Gurman, não teremos novos MacBooks Pro, displays nem qualquer outro produto sendo lançado na WWDC 2016.

Se as fontes dele estiverem certas — e geralmente estão —, essa atualização do MBP chegará apenas no fim do ano, trazendo um Touch ID (não sabemos se integrado ao trackpad ou ocupando o espaço de alguma tecla), uma fileira de teclas OLED que seria contextual (os botões mudariam de acordo com o aplicativo utilizado), entre outras novidades.

Conceito de MacBook Pro OLED

Por falar neste MBP, um leitor do 9to5Mac criou um conceito de como poderia ser esse computador (de 13 polegadas) com base na carcaça que vazou recentemente. Curtiram?

Mas voltando aos rumores, a nova versão do display da Apple muito provavelmente também ficará mais depois.

Resumo da ópera: será um WWDC ao pé da letra (conferência para desenvolvedores), 100% focada em software. Claro que cairiam bem novidades de hardware, mas…

Melhorias no iOS

O iOS 10 não deverá trazer grandes novidades e sim um refinamento do sistema como um todo, incluindo melhorias nas notificações e na Tela Bloqueada (talvez a opção de mostrar mais informações nela), mudanças em alguns ícones, possíveis melhorias na segurança do sistema (criptografia1) entre outras coisas. Ele receberia, porém, duas boas melhorias bastante específicas: Siri e iMessage.

SDK da Siri; chegada ao Mac

Tudo aquilo que já falamos da Siri irá de fato acontecer, segundo Gurman. Ou seja, a Apple lançará mesmo um SDK2 para que desenvolvedores integrem seus apps com a assistente. Demorou para isso acontecer, não foi? De acordo com o garoto, a culpa do atraso foi a preocupação da Apple com privacidade.

Além de iOS, watchOS e tvOS, a Siri chegaria também ao OS X, algo que é bastante esperado e desejado por usuários.

Apple Pay no iMessage

Lembram desse rumor? Pois Gurman trouxe ele à tona novamente, dizendo que a Apple tem, sim, planos de apresentar algo nesta linha (uma espécie de micropagamentos, transferências que poderiam ser feitas entre usuários no próprio mensageiro nativo do iOS) na WWDC.

Como ainda não temos nem Apple Pay aqui no Brasil, muito provavelmente se o serviço for lançado nada mudará para nós — ao menos por enquanto.

Apple Music redesenhado

O serviço musical da Apple foi lançado há pouco tempo, contudo já receberá o seu primeiro grande redesign para tentar resolver alguns dos problemas que mais afligem os usuários. Aos interessados, nós já detalhamos o que estaria incluído neste redesenho aqui.

Infelizmente, ao menos para mim, não será desta vez que a Apple desmembrará o serviço de streaming do app Música (Music) — o que seria uma solução simples e matadora para resolver muitos dos conflitos/dúvidas que existem hoje por conta de o Apple Music rodar no mesmo local onde usuários guardam suas faixas localmente.

App Fotos turbinado

Rumores indicam que o app Fotos poderá ganhar as benditas ferramentas de marcação. Isso quer dizer que será possível, do próprio app nativo, adicionar setas, quadrados, retângulos, círculos, fazer anotações, entre outras coisas.

Mudanças no iPhone para 2017

Como estamos acompanhando, as grandes mudanças no iPhone deverão chegar mesmo apenas em 2017. Para Gurman, será uma espécie de reset para o aparelho da Apple (que incluirá telas maiores numa estrutura sem borda e com Touch ID integrado na própria tela).

Há alguns dias surgiu a informação de que a Apple estaria mudando a sua estratégia de lançamento relacionada ao smartphone. Atualmente, ela faz grandes mudanças na estrutura do aparelho de dois em dois anos, e isso passaria a ser de três em três. Mas Gurman afirmou que não é bem assim. Na verdade, a Apple estaria planejando mudanças anuais, porém em vez de algo mais drástico, melhorias modestas (ainda assim perceptíveis, como o rumor das possíveis mudanças do “iPhone 7” que incluiriam um novo desenho para as antenas/listras do aparelho).

Faz sentido, ainda mais levando em conta que em países estratégicos a Apple já conta com o iPhone Upgrade Program, o qual facilita bastante as coisas para quem quer mudar de aparelho anualmente — algo totalmente diferente da estratégia inicial da empresa, que envolvia parcerias com as operadoras em contratos que deixam usuários mais confortáveis para trocar de aparelho ano sim, ano não.

·   ·   ·

Conclusão: se você é “apenas” um consumidor Apple — e não um desenvolvedor, afinal a WWDC é sempre um palco importante para quem é da área — é bom ajustar as expectativas a fim de não se decepcionar.

[via 9to5Mac, iDownloadBlog]

Posts relacionados

Comentários