Vazam supostos modelos e preços dos próximos iPhones; 256GB e “iPhone Pro” podem estar a caminho

Os rumores sobre o “iPhone 7” deram uma esfriada nos últimos tempos, especialmente aquele papo de que haveria uma edição (ainda) mais cara, possivelmente denominada “iPhone Pro”, com alguns recursos especiais. O consenso, aparentemente, seria que teríamos de nos acostumar com uma atualização bem chata e conservadora esse ano.

Bom, senhoras e senhores, trago novidades. Novidades nem um pouco confiáveis, é bem verdade, mas ainda assim é algo a se pensar: uma lista de modelos e preços dos próximos iPhones pintou na rede de microblogs chinesa Weibo, e, na ínfima chance dela representar algo minimamente real, parece que o tal do “iPhone Pro” é quente, sim — bem como outra novidade bastante sonhada pelos usuários.

Supostos modelos e preços do iPhone 7"

Isso porque o usuário, que clama ter obtido os vazamentos de fontes confiáveis, afirma que os iPhones terão opção de 256GB de armazenamento. O esquema de modelos é, à primeira vista, controverso: enquanto o “iPhone 7” comum teria opções de 32GB, 64GB e 256GB, o “iPhone 7 Plus” e o “iPhone 7 Pro” viriam em capacidades de 32GB, 128GB e 256GB. Confuso? É porque é, mesmo.

A tabela acima mostra os supostos preços dos vindouros modelos — em se tratando de uma fonte chinesa, os valores vêm em yuans, evidentemente, mas realizando a conversão e olhando para a atual relação dos preços de iPhones nos Estados Unidos e na China, podemos ter uma boa ideia do que pode estar por vir. O “iPhone 7” começaria em ¥5288, o que, na prática, significaria os mesmos US$649 do 6s mais barato. O “iPhone 7 Plus” também teria valores similares ao do atual 6s Plus, começando em US$749, enquanto o tal do “iPhone Pro”, seguindo a lógica, começaria 100 dólares mais caro, a US$849. Os modelos de 256GB não representariam um aumento de preço; apenas passariam a ser a opção mais cara entre as três disponíveis.

Tudo muito bonito — ou não —, mas resta saber o que nos aguarda em termos de novidades práticas. Ganharemos novo design e recursos interessantes, ou será apenas uma atualização circunstancial? Temos mais alguns meses antes de descobrir.

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários