Apple deverá abrir laboratório de pesquisa focado em tecnologia de imagem na França

A Apple está para expandir as capacidades imagéticas dos seus dispositivos. Ao menos é o que diz o jornal francês Le Dauphiné Libéré, que afirma em reportagem de hoje que a Maçã já assinou as papeladas necessárias para abrir um laboratório de pesquisa e desenvolvimento focado em tecnologias de imagem na cidade de Grenoble, sudeste da França.

Cidade de Grenoble, na França

Uma pequena equipe de engenheiros e pesquisadores da Apple já trabalha nessa área há mais de um ano na cidade — mais especificamente, no centro de pesquisas Minatec —, mas a construção do novo laboratório próprio da Maçã, que deverá ter mais de 800m², trará mais espaço para que 30 experts trabalhem conjuntamente a todos os equipamentos necessários.

Grenoble, belíssima cidade majoritariamente universitária no coração dos Alpes franceses, aparentemente foi escolhida pela colaboração da Apple com a STMicroelectronics, fabricante franco-italiana de semicondutores e fornecedora de componentes para vários produtos da Maçã, como o iPhone e o Apple Watch.

Esperamos que os frutos das pesquisas desse novo laboratório cheguem logo às câmeras dos nossos iGadgets.

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários