Depois do investimento de US$1 bilhão da Apple, Didi Chuxing compra o Uber na China

Didi Chuxing

A notícia de que a Apple investiu US$1 bilhão em uma empresa de carona rival — do Uber — na China, a Didi Chuxing, veio despertando curiosidade e rumores. E o que era intrigante acaba de ficar ainda mais inusitado. Exatamente pela mesmíssima quantia investida pela Maçã, a Didi comprou o Uber China (subsidiária do Uber no país), conforme informou a Bloomberg.

O Uber vinha crescendo exponencialmente por lá, ameaçando tomar o lugar da Didi no mercado chinês. De acordo com os números revelados, foi possível ver que o Uber chegava a gastar US$1 bilhão por ano na China — a competição fazia com que ambos acabassem perdendo dinheiro e parcelas do mercado. Em uma tentativa de ultrapassar o Uber, a Didi se fundiu com a Kuaidi e conquistou cerca de 87% do mercado. Antes do investimento feito pela Apple, a Didi era avaliada em US$28 bilhões e, depois, esse valor pulou pra ~US$35 bilhões.

Em um jogada um tanto audaz, agora a empresa chinesa tem a parcela de mercado do Uber na China e, mais do que isso, acesso à sua lista de clientes. Os acionistas da Uber Technologies e da Uber China ficarão com 20% das ações.

Tudo isso nos faz pensar se a Apple já não estaria a par dessa estratégia antes mesmo de investir. Assim que anunciou o investimento, em maio, Tim Cook afirmou que o fez “por inúmeras razões estratégicas” e que a Maçã teria “uma chance de aprender mais sobre certos segmentos do mercado chinês”.

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários